Postagens Etiquetadas ‘Tom Hardy’

Dunkirk | Crítica | Dunkirk, 2017, EUA

Dunkirk é um dos melhores trabalhos de Christopher Nolan, um filme de guerra onde se derrama alma e técnica.</

Dunkirk (2017) Crítica

Elenco: Fionn Whitehead, Tom Glynn-Carney, Jack Lowden, Harry Styles, Aneurin Barnard, James D’Arcy, Barry Keoghan, Kenneth Branagh, Cillian Murphy, Mark Rylance, Tom Hardy | Roteiro e direção: Christopher Nolan (Interestelar) | Duração: 106 minutos

Nota 10 - um Tigre no cinemaO resgate das tropas inglesas na Operação Dínamo não é o momento mais lembrado da Segunda Guerra Mundial, mas não menos digno de homenagem para Christopher Nolan, como mostra em Dunkirk. Ao escolher focar não apenas nos combates, mas no drama humano, sem dar destaque demais para algum personagem em especial, a produção é uma homenagem ao espírito de união que resgatou mais 300 mil soldados ao invés da glorificação da guerra. O roteiro dosa combates aéreos, dramas pessoais e medos por meio dos personagens que servem de arquétipos para contar aqueles dias de maneira mais direta. Com poucos diálogos e bastante ação, a produção de Nolan traz o horror que é estar tão perto e ao mesmo tão longe de casa, num inferno que parece não haver escapatória.

Leia mais

Oscars 2016 | TigreCast #126 | Podcast

Conversando sobre os vencedores dos Oscars 2016, discurso de Chris Rock e porque a Academia votou como votou. Ouve aí!

"We want the black actors to get the same opportunities as white actors — that's it!" - Chris Rock nos Oscars 2016

We want the black actors to get the same opportunities as white actors — that’s it!” – Chris Rock

Para fechar o especial falando sobre os Oscars 2016, comentamos o discurso de Chris Rock e os vencedores das principais categorias, tentando jogar uma luz porque a Academia votou como votou. Hoje nas vozes de Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982) e Matheus Des (@matheudes).

E perdão pelo atraso!

Leia mais

Reproduzir

O Regresso | Crítica | The Revenant, 2015, EUA

O Regresso, novo filme de Alejandro Iñárritu, é contemplativo e tecnicamente impecável, podendo se mostrar um desafio para muitos, mas que vale a pena ser apreciado.

O Regresso (2015)

Com Leonardo DiCaprio, Tom Hardy, Domhnall Gleeson, Will Poulter, Forrest Goodluck, Arthur Redcloud e Grace Dove. Roterizado por Mark L. Smith e Alejandro G. Iñárritu baseado na obra de Michael Punke. Dirigido por Alejandro G. Iñárritu (Birdman).

8/10 - "tem um Tigre no cinema"É verdade que O Regresso traz alguns desafios, sendo o principal a sua longa duração – 156 minutos – o que permite que o diretor use e abuse de longos planos, contemplações da natureza, flashbacks em misto de sonhos e poucos diálogos. Também é verdade que Iñárritu poderia ser mais breve em suas contemplações, o que não quer dizer que o filme se torne maçante em todo o tempo que ele aponta sua câmera para a natureza. O diretor busca mostrar a jornada do herói por meio de vários símbolos, sendo a duração um deles. Ainda que não agrade a todos – perfeitamente compreensível – é inegável a qualidade da direção do mexicano e sua paixão por fazer cinema.

Leia mais

Mad Max: Estrada da Fúria | Crítica | Mad Max: Fury Road, 2015, EUA

Mad Max: Estrada da Fúria é uma aula de como se faz cinema de ação e supera todos os seus antecessores!

Mad Max: Fury Road, 2015

Com Tom Hardy, Charlize Theron, Nicholas Hoult, Hugh Keays-Byrne, Rosie Huntington-Whiteley, Riley Keough, Zoë Kravitz, Abbey Lee, Courtney Eaton. Roteirizado por George Miller, Brendan McCarthy e Nico Lathouris. Dirigido por George Miller (Mad Max).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"George Miller é o maior fã de Mad Max, universo que ele próprio criou. O septuagenário diretor então esperou vários anos para mostrar ao mundo e aos outros fãs a visão definitiva desse universo. E a missão foi cumprida com Mad Max: Estrada da Fúria. Num misto de reboot e continuação, o diretor atualiza o seu estilo, ao mesmo tempo em que o mantém. São sequências impressionantes, muita velocidade e personagens que, mesmo não sendo muito aprofundados, cativam o espectador em uma verdadeira aula de como se fazer um blockbuster. Durante as duas horas, você será levado para um mundo que, apesar de futurista, tem um discurso familiar para nós, enquanto embarcamos numa aventura tão insana e louca quanto um guitarrista que toca seu instrumento presa a um caminhão.

Sinopse oficial

Assombrado por seu turbulento passado, Max (Hardy) acredita que a melhor maneira de sobreviver é vagar sozinho. No entanto, ele é levado por um grupo em fuga através da Wasteland em um War Rig dirigido por uma Imperatriz de elite chamada Furiosa (Theron). Eles estão fugindo de uma cidadela tiranizada por Immortan Joe (Keays-Byrne), que teve algo insubstituível roubado. Enfurecido, o senhor da guerra convoca todas as suas gangues e persegue os rebeldes impiedosamente na estrada de guerra que se segue.”

Leia mais

Mad Max: Estrada da Fúria | Veja o novo trailer | #NEWS

Mad Max Estrada da Fúria | Trailer

Chegou mais um trailer empolgante de um blockbuster de 2015. Agora é a hora de Mad Max: Estrada da Fúria, o remake/reboot da série que tinha Mel Gibson no papel principal. Agora Tom Hardy encarna o papel do justiceiro desse futuro pós-apocalíptico.

Então, veja o trailer (por enquanto sem legendas)

Leia mais

Esquadrão Suicida: Elenco oficial tem Jared Leto, Tom Hardy e Will Smith | #NEWS

Esquadrão Suicida tem elenco divulgado

 

Aos poucos, o novo Universo DC Comics nos cinemas vai ganhando cara. E algumas boas e pesadas. Divulgaram o elenco de Esquadrão Suicida (Suicide Squad), filme do equipe de anti-herois/vilões que o Governo dos Estados Unidos usa em operações secretas – Black Ops – em troca de reduções de pena. É um risco, mas deu certo com um certo grupo bem desconhecido da Casa das Ideias.

E finalmente temos um novo Coringa! Jared Leto terá a difícil missão de calçar os sapatos do saudoso Heath Ledger.

Veja o elenco completo:

Leia mais

A Origem | TigreCast #64 | Podcast

Podcast do filme que fechou com chave de ouro 2000: A Origem (Inception), com Leonardo DiCaprio, Joseph Gordon-Levitt, Ellen Page e Marion Cotillard.

A Origem | TigreCast #65

Se existiu um filme que fechou a década de 2000 com chave de ouro, esse foi A Origem (Inception, 2010, Dir Christopher Nolan). Hoje, Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Des (@matheusdes) discutem como Nolan é um diretor autoral ainda que trabalhe em Hollywood, as várias camadas do filme, a música de Hans Zimmer e a escolha do elenco nesse filme que fala sobre filmes.

E, de quebra, a discussão que todos temos: o pião caiu ou não?

Atenção: Spoilers liberados!

Leia mais

Reproduzir

Os Infratores | Crítica | Lawless, 2012, EUA

Mesclando boas e más atuações Os Infratores conta por meio de um núcleo familiar a mudança que os EUA passaram na época da Lei Seca.

Com Tom Hardy, Guy Pearce, Gary Oldman, Jessica Chastain, Mia Wasikowska e Shia LaBeouf. Roteirizado por Nick Cave (A Proposta), baseado no romance de Matt Bondurant. Dirigido por John Hillcoat (A Estrada).

Um filme que reúne no elenco dois atores que participaram de grandes franquias recentes do cinema (Batman de Nolan e Transformers), e outro ator muito conhecido no meio cinematográfico, que também esteve envolvido em um blockbuster recente (Prometheus) é um grande chamariz para uma produção. O filme de gângsteres “Os Infratores” trata do período da chamada “Lei Seca” nos EUA, que aconteceu no começo dos anos 1930. Hillcoat conta a história de três irmãos que eram lendas dessa época, baseado seu filme em fatos (supostamente) reais e num livro. O filme mescla boas e más atuações e um direção coesa. E o grande trunfo do filme de Hillcoat é mostrar a mudança que os EUA passam, representada pelo irmão mais novo, encarnando o “progresso”, e de seus dois irmãos, que representam a maneira antiga de se fazer negócio.

Leia mais

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge | Crítica | The Dark Knight Rises, 2012, EUA

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge é um belo fim, mesmo não sendo perfeito. Leia a crítica!

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Com Christian Bale, Gary Oldman, Tom Hardy, Anne Hathaway, Marion Cotillard e Morgan Freeman. Roteirizado por Christopher Nolan, Jonathan Nolan e David S. Goyer. Dirigido por Christopher Nolan.

“In Nolan We Trust”. Essa frase foi muito usada na internet para mensurar como estávamos confiantes na conclusão da Trilogia Batman nas mãos de Christopher e Jonathan Nolan e David S. Goyer. Depois de sete anos, chegamos a um belo fim. O filme não é perfeito, mas chega bem perto disso. Não é só um ótimo filme, mas também não deixa ponta soltas, e fecha a trilogia de um jeito que poucas séries desse tipo conseguiram. Todos os atores estão muito bem na produção e a música de Hans Zimmer também encontra seu ciclo. Alguns detalhes fazem que o filme não chegue no mesmo patamar do anterior, mas ele consegue ser um pouco melhor do que “Batman Begins” (de 2005). A única coisa triste é que não veremos mais toda essa gente envolvida para nos brindar com um novo filme.

Leia mais

Para cima