Postagens Etiquetadas ‘Justin Timberlake’

Aposta Máxima (Runner, Runner, 2013, EUA) [Crítica]

"Runner, Runner", 2013

Com Justin Timberlake, Gemma Arterton, Anthony Mackie e Ben Affleck. Roteirizado por Brian Koppelman e David Levien. Dirigido por Brad Furman.

4/10 - "tem um Tigre no cinema"Eis um filme que é a prova máxima, com o perdão do trocadilho, de que conhecimento formal não faz uma grande obra. “Aposta Máxima” conta com uma boa direção, e com outros elementos em cena – a chamada mise en scène – dignos de uma boa produção. A escalação dos atores é interessante, tendo um recém ganhador do Oscar e um ícone da música pop. Porém, isso não é suficiente para compensar a história desinteressante do filme. Raso e efêmero são adjetivos que o descrevem. Pela própria falta de esforço, ficará na memória por pouco tempo. E tampouco merece o título de thriller.

Leia mais

Curvas da Vida (Trouble With the Curve, 2012, EUA) [Crítica]

Com  Clint Eastwood[bb], Amy Adams[bb], Justin Timberlake[bb], Matthew Lillard[bb], Jason Patrick e John Goodman. Roteirizado Randy Brown. Dirigido por Robert Lorenz.

O clichê não é necessariamente um problema, pois todo o compêndio de histórias que o ser humano pode produzir já foi contado. O que faz a diferença é o jeito que essas histórias são apresentadas. “Curvas da Vida” é uma coleção de tipos e situações do que já vimos várias vezes: o senhor rabugento, mas cheio de experiência que não se adéqua às questões tecnológicas do mundo moderno, a filha rejeitada que quer ser motivo de orgulho do pai, o mocinho boa pinta que obviamente se apaixonará pela mocinha, e o sabichão que não respeita ninguém. Lorenz estreia na direção, e com competência. Mas a história deixa muito a desejar, além de ser incomodamente arrastada. É um filme que não vai ofender ninguém, mas também não vai emocionar, e conta com um potencial enorme de ser esquecido logo depois que se passam os créditos.

Leia mais

“Curvas da Vida” – Veja fotos do novo filme de Clint Eastwood [#News 24]

Clint Eastwood[bb] (“Menina de Ouro”, “Os Imperdoáveis”), Amy Adams[bb] (“O Vencedor”, “Dúvida”, “Retratos de Família”) e Justin Timberlake[bb] (“A Rede Social”, “Amizade Colorida”) estrelam Curvas da Vida, marcando a estreia como diretor de Robert Lorenz. O filme estreia no Brasil em 23 de novembro de 2012. O “tem um Tigre no cinema” já foi assistir, e mais perto da estreia conta como foi.

[nggallery id=2]

“Curvas da Vida” – Confira as entrevistas com Justin Timberlake, Amy Adams e Robert Lorenz [NEWS #016]

Nesse vídeo Amy Adams e Justin Timberlake  falam sobre como foi trabalhar juntos e sobre os bastidores das gravações do filme do estreante Robert Lorenz:

 

E nesse, o diretor Lorenz conta como foi dirigir Clint Eastwood:

 

“Curvas da Vida” (“Trouble with the Curve“) tem estreia prevista para 23 de novembro no Brasil.

COPYRIGHT Warner Bros. Pictures AND Warner Bros. Entertainment. ALL RIGHTS RESERVED

O Preço do Amanhã | Crítica | In Time, 2011, EUA

O Preço do Amanhã é uma ficção científica pouco imaginativa apesar de explorar o assunto da disparidade socio-econômica.

O Preço do Amanhã

Com Justin Timberlake, Amanda Seyfried, Cillian Murphy e Olivia Wilde. Escrito e dirigido por Andrew Niccol (Gattaca – A Experiência Genética).

A história se passa em 2161, numa sociedade onde alterações genéticas fazem que toda a população pare de envelhecer ao completar 25 anos. Mas a partir daí você tem só mais um ano de vida. Se quiser viver mais, tem que comprar mais tempo, que é a moeda para tudo nessa sociedade: desde o café, passando por transportes e jogos. Nesse cenário os pobres vivem pouco e isolados em guetos, enquanto os milionários podem ser imortais. É nesse mundo que Will Salas (Timberlake), um jovem de 28 anos, que recebe um século de um milionário que não quer mais viver. E começa a ser perseguido por causa disso.

Uma ideia dessas tem potencial, por mais que seja uma nova visão do clássico “Fuga do Século XXIII” (Logan’s Run, de 1976) é interessante ver que a história não tem aqueles dizeres “baseado no livro/conto/história de…”. Leia mais

Para cima