Postagens Etiquetadas ‘Simon Pegg’

Star Trek: Sem Fronteiras | Crítica | Star Trek Beyond (2016) EUA

Star Trek: Sem Fronteiras (2016)

Elenco: John Cho, Simon Pegg, Chris Pine, Zachary Quinto, Zoe Saldana, Karl Urban, Anton Yelchin, Idris Elba | Roteiro: Simon Pegg, Doug Jung | Adaptado de: Gene Roddenberry (Star Trek) | Direção: Justin Lin (Velozes e Furiosos 6).

Star Trek: Sem Fronteiras é apenas mais uma aventura das missões da tripulação da Enterprise, e ainda assim consegue divertir.

7,5 - "tem um Tigre no cinema"Era inevitável. Transformado mais uma vez em franquia, as viagens da NCC1701 Enterprise na nova roupagem de 2009 iria ser menos impressionante eventualmente, e esse momento chegou com Star Trek: Sem Fronteiras. Mas é importante destacar que esse não é, nem de muito longe, um filme ruim. Pelo contrário, ele equilibra ação, aventura, drama e comédia sem perder o caminho delineado pelas produções anteriores. A questão é que a série a partir daqui toma estrutura episódica e, como toda a produção que se sujeita a isso, passa por picos e declínios. Esse é o ponto mais baixo da nova fase, mais ainda tem força para se segurar, mesmo com lugares comuns e elementos usados em outros lugares.

Leia mais

A Era do Gelo: O Big Bang | Crítica | Ice Age: Collision Course (2016) EUA

A Era do Gelo: O Big Bang (2016)

Com Ray Romano, John Leguizamo, Denis Leary, Simon Pegg, Jennifer Lopez, Queen Latifah, Chris Wedge, Neil deGrasse Tyson e Keke Palmer. Roteirizado por Michael Berg, Yoni Brenner, Aubrey Solomon e Michael J. Wilson. Dirigido por Mike Thurmeier e Galen T. Chu.

Várias franquias se estenderam além do que deveriam indo para o espaço. Isso não as salvou, assim como não salva A Era do Gelo: O Big Bang.

3/10 - "tem um Tigre no cinema"Os produtores de A Era do Gelo tem um negócio rentável nas mãos. Não importa como, cada um dos filmes anteriores rendeu quase dez vezes o custo de produção – mercadologicamente, faz sentido continuar a saga deve garante a vida da Fox e da Blue Sky. Por isso, eles pouco se preocupam em entregar uma história coesa, desde que ela seja agradável aos olhos. Pois bem, O Big Bang é praticamente sem substância, mas uma beleza visual. Têm gracejos, as crianças vão sem dúvida se divertir, mas já é a quarta vez seguida que o estúdio não sai de sua zona de conforto.

Leia mais

Missão: Impossível – Nação Secreta | Crítica | Mission: Impossible – Rogue Nation, 2015, EUA

Mission: Impossible – Rogue Nation, 2015

Com Tom Cruise, Jeremy Renner, Simon Pegg, Rebecca Ferguson, Ving Rhames, Sean Harris, Alec Baldwin. Argumento de Christopher McQuarrie, Drew Pearce. Roteirizado e dirigido por Christopher McQuarrie (Jack Reacher: O Último Tiro).

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Equilíbrio. Essa é uma boa palavra para começar a falar sobre Missão: Impossível – Nação Secreta. O novo filme da franquia que iniciou sua versão cinematográfica em 1996 encontrou o equilíbrio entre tantas outras produções de ação que são lançadas mês a mês no cinema. Tem incríveis cenas de ação, comédia na medida certa, atuações impecáveis de todos os envolvidos e uma direção firme de Christopher McQuarrie. É um filme que ganha a audiência nos primeiros minutos, e não apenas mantém a qualidade dos anteriores – com exceção da exagerada continuação de 2000 –, como se torna um dos melhores filmes do gênero em 2015.

Leia mais

Star Trek: Além da Escuridão (Star Trek: Into Darkness, 2013, EUA) [Crítica]

"Star Trek: Into the Darkness", 2013

Com Chris Pine, Zachary Quinto, Benedict Cumberbatch, John Cho, Alice Eve, Bruce Greenwood, Simon Pegg, Zoe Saldaña, Karl Urban, Peter Weller e Anton Yelchin. Roteirizado por Roberto Orci, Alex Kurtzman (Cowboys e Aliens) e Damon Lindelof (Prometheus). Dirigido por JJ Abrams (Super 8).

9,5/10 - "tem um Tigre no cinema"Existe um inegável peso nos ombros de JJ Abrams para a continuação de um filme corajoso, que conseguiu agradar fãs fervorosos da série Star Trek original, e ganhar gente que nunca foi muito fã das histórias de Kirk e companhia – eu incluso. A franquia renovada agora pode explorar tanto histórias novas, como homenagear o universo original. E é o que acontece aqui. Cheio de referências que vão agradar quem assistiu os episódios da TV e os filmes da tripulação clássica, Além da Escuridão tem personagens carismáticos, atuações fantásticas e efeitos técnicos de tirar o fôlego; não esquecendo o lado humano. Num ano em que grandes produções que se mostraram nada além de medianas – se muito – a nova aventura da Enterprise desponta, até o momento, como o melhor blockbuster do ano.

Leia mais

As Aventuras de Tintim (The Adventures of Tintin – The Secret of the Unicorn, 2011, EUA) [Crítica]

Com Jamie Bell, Andy Serkis, Daniel Craig, Nick Frost e Simon Pegg. Roteiro de Steven Moffat, Edgar Wright (Scott Pilgrim contra o Mundo) e Joe Cornish, baseado na obra de Hergé. Dirigido por Steven Spielberg (Os Caçadores da Arca Perdida).

Para quem cresceu assistindo ou lendo Tintim, esse foi um filme muito esperado. Com as várias declarações de que Spielberg estava tratando com muito carinho o filme e que Hergé confiava somente no diretor para levar o personagem às telas, a expectativa era grande. O filme ficou em pausa por muitos anos porque Spielberg queria manter certos traços característicos desses queridos personagens, algo que não seria possível em live action. A tecnologia veio, e Spielberg reuniu um bom time, com Peter Jackson como diretor da segunda unidade, além de Wright, roteirista de  “Scott Pilgrim contra o Mundo” e Moffat, responsável pelos seriados ingleses “Sherlock” e “Doctor Who”. Além de John Williams, claro. O time nos entrega um filme divertido, com boas cenas de ação e tecnologicamente impecável. Misturando algumas histórias bem conhecidas pelos fãs, “As Aventuras de Titim” mostra um Spielberg apaixonado e numa direção muito mais competente do que seu outro filme do ano, “Cavalo de Guerra”.

Leia mais

Missão: Impossível – Protocolo Fantasma (Mission: Impossible – Ghost Protocol, 2011, EUA) [Crítica]

Com Tom Cruise, Jeremy Renner, Simon Pegg e Paula Patton. Escrito por André Nemec e Josh Appelbaum. Dirigido por Brad Bird (Ratatouille)

Poucos filmes conseguem ter fôlego numa terceira continuação. Esse é o caso deste Missão: Impossível. Bird, um diretor vindo de animações, mas já com uma visão de ação, porque dirigiu antes “Gigante de Ferro” e “Os Incríveis”, faz de “M:I – PF” um filme com incríveis cenas de ação, com um roteiro que funciona praticamente sozinho (não dependendo necessariamente de conhecimento dos filmes anteriores), e mostrando Tom Cruise ainda em forma. Esse são alguns motivos que fazem esse novo capítulo a melhor continuação da saga, e um dos melhores filmes do ano.

Leia mais

Para cima