Postagens Etiquetadas ‘Liam Hemsworth’

Independence Day: O Ressurgimento | Crítica | Independence Day: Resurgence (2016) EUA

Independence Day: O Ressurgimento (2016)

Com Liam Hemsworth, Jeff Goldblum, Bill Pullman, Jessie Usher, Maika Monroe, Sela Ward, William Fichtner, Angelababy e DeObia Oparei. Roteirizado por Roland Emmerich, Dean Devlin, Nicholas Wright, James A. Woods e James Vanderbilt. Dirigido por Roland Emmerich (Independence Day).

Se é diversão pura sem nenhum tipo de compromisso que você procura, Independence Day: O Ressurgimento foi feito para você!

6/10 - "tem um Tigre no cinema"Depois que você sair da sessão de Independence Day: O Ressurgimento não estranhe se passarem pela sua mente sentimentos conflitantes. Porque é um filme extremamente divertido, abraço o próprio absurdo sem se importar com explicações. Por outro lado, é um clichê ambulante, sem personagens carismáticos, se finca nos efeitos especiais e – apenas reforçando o mal mais recente de Hollywood – é pensado para ser uma saga. É exagerado como à nave alienígena-mãe, numa versão deturpada de que continuações tem que ser maior, que cobre um quarto do globo. E fica um sentimento um tanto difícil de explicar, uma relação de amor e ódio que só o cinema consegue fazer.

Leia mais

Jogos Vorazes: A Esperança – O Final | Crítica | The Hunger Games: Mockingjay – Part 2, 2015, EUA

Jogos Vorazes: A Esperança – O Final é um eficiente filme de ação, mas que poderia ser condensado em apenas uma parte.

Jogos Vorazes: A Esperança - O Final

Com Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman, Jeffrey Wright, Sam Claflin, Jena Malone, Stanley Tucci e Donald Sutherland. Roteirizado por Danny Strong e Peter Craig, baseado na obra de Suzanne Collins. Dirigido por Francis Lawrence.

6/10 - "tem um Tigre no cinema"Parte do que esperava se concretizou em Jogos Vorazes: A Esperança – O Final, ficando bem claro que a conclusão da saga não precisava ser contada em quase cinco horas de filme. A segunda parte tem problemas de ritmo, conceito e se acovarda no desfecho indo no caminho contrário que um futuro distópico representa. Poderia haver mais conflitos internos entre os personagens e maiores discussões sobre como o poder funciona. Ainda que tudo isso não torne a produção decepcionante, fica uma sensação de algo incompleto. Se juntarmos as duas partes em uma só o final da história que agradou tanto lá no começo termina de maneira pouco satisfatória, indo muito mais para o rótulo jovem do que ao adulto.

Leia mais

Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1 | Crítica | The Hunger Games: Mockingjay – Part 1, 2014, EUA

Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1. Uma ótima experiência, mas fica claro que a aventura não precisa ser dividida em duas partes.

The Hunger Games: Mockingjay – Part 1

Com Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman, Jeffrey Wright, Stanley Tucci e Donald Sutherland. Roteirizado por Danny Strong e Peter Craig, baseados na obra de Suzanne Collins. Dirigido por Francis Lawrence (Jogos Vorazes: Em Chamas).

8/10 - "tem um Tigre no cinema"No TigreCast 64 comentei com a equipe sobre coisas que nos irritam na indústria cinematográfica. Esqueci-me de falar sobre a busca pelo lucro indiscriminado quando esticam filmes além da conta. É assim com a trilogia O Hobbit, Crepúsculo, será assim com Divergente, e é assim com Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, uma série que conquistou a mim, alguém que não leu os livros, apenas pela competência apresentada nos primeiros filmes. Depois de pouco mais de duas horas, percebe-se que história de 390 páginas poderia muito bem ser adaptada em um filme só de 150 minutos. Porém, a direção é concisa, juntamente com a direção de arte, fotografia, efeitos visuais e atuações, ainda que o filme se arraste por momentos que não precisava. É uma experiência boa, mas que poderia ser muito melhor.

Leia mais

Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1 | Veja o primeiro clipe oficial do filme | #NEWS

jogos-vorazes-esperanca1

 

Hoje o perfil oficial da cinessérie Jogos Vorazes – @TheHungerGames – divulgou um clipe de quarenta segundos de A Esperança: Parte 1, onde Katniss (Jennifer Lawrence) descobre que Peeta Mellark (Josh Hutcherson) está vivo. O clipe mostra uma entrevista dada na Capital por Peeta a Caesar Flickerman (Stanley Tucci) sobre os eventos mostrados em Jogos Vorazes: Em Chamas (The Hunger Games: Catching Fire, 2013, Dir Frances Lawrence).

Dê o play aqui embaixo.

Leia mais

Jogos Vorazes: Em Chamas | Crítica | The Hunger Games: Catching Fire, 2013, EUA

Jogos-Vorazes_2_Em-Chamas-post

Com Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Lenny Kravitz, Philip Seymour Hoffman, Stanley Tucci e Donald Sutherland. Roteirizado por Simon Beaufoy (127 Horas) e Michael Arndt (Toy Story 3), baseado na obra de Suzanne Collins. Dirigido por Francis Lawrence (Constantine).

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Existe um amadurecimento em “Jogos Vorazes: Em Chamas” em relação ao anterior, assim como a passagem da vida adolescente – ainda que conturbada – para a mais adulta. Contando com uma história e personagens cativantes, o filme dirigido por Francis Lawrence é cheio de ritmo, e em nenhum momento das mais de 2 horas de projeção se torna maçante. Além de empolgante, transpassa problemas que acometem quem não é fã dos livros de Suzane Collins, funcionando sem a necessidade de buscar a obra original. E, no fim, é melhor que seu predecessor.

Leia mais

Os Mercenários 2 (The Expendables 2, 2012, EUA) [Crítica]

Com Sylvester Stallone, Jason Statham, Jet Li, Dolph Lundgren, Chuck Norris, Jean-Claude Van Damme, Bruce Willis, Arnold Schwarzenegger, Terry Crews, Randy Couture, Liam Hemsworth, Charisma Carpenter e Nan Yu. Roteirizado por Richard Wenk (16 Quadras) e Sylvester Stallone (Rocky Balboa). Dirigido por Simon West (Con Air – A Rota da Fuga).

“O melhor filme do ano”. Oquei, é um exagero dizer isso de “Os Mercenários 2”. Mas é impossível conter a empolgação. O filme é cheio de clichês do gênero, tem várias brincadeiras visuais, frases de efeito novas e antigas, homenageando o estilo, e violência. Tiros, explosões não fazem faltam na projeção de aproximadamente 100 minutos. Sim, o filme tem furos no roteiro, personagens maniqueístas e peca nos efeitos especiais. Mas tem uma carga dramática muito maior que o primeiro filme, e também conta com um roteiro mais aprimorado. Ação e emoção fazem o filme ser uma ótima diversão, superando o primeiro da franquia.

Leia mais

Jogos Vorazes (The Hunger Games, 2012, EUA) [Crítica]

Jogos Vorazes, primeiro filme da quadrilogia, usa da ficção para criticar os chamados reality shows.

Jogos Vorazes

Com Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Lenny Kravitz, Stanley Tucci e Donald Sutherland. Roteiro de Gary Ross, Suzanne Collins e Billy Ray, baseado no romance de Suzanne Collins. Dirigido por Gary Ross (Pleasantville – A Vida em Preto e Branco).

“Jogos Vorazes” é, em princípio, uma crítica aos reality shows e a seus espectadores que aceitam continuar dando audiência ao programa seja lá a barbaridade que ocorra na nossa tela, apesar de podermos interpretar outros temas. Mas a futilidade parece ser a base da crítica, passando pelo absurdo de assassinatos ao vivo terem audiência e a solução um tanto inverossímil da capital de punir os outros distritos. A primeira visita aos 12 distritos distópicos de Panem foi agradável. A história é interessante, com referências aos gladiadores, a glória de Roma em comparação com A Capital e a própria história dos EUA. Mas a falta de explicação de alguns dos temas que envolvem o universo e outros aspectos técnicos fizeram que o filme não fosse ótimo.

Leia mais

Para cima