Postagens Etiquetadas ‘Nathan Fillion’

Carros 3 | Crítica | Cars 3, 2017, EUA

Carros 3 consegue, finalmente, sair do marasmo que vinha dos filmes anteriores.

Carros 3 (Cars 3) Crítica

Elenco: Owen Wilson, Cristela Alonzo, Chris Cooper, Armie Hammer, Bonnie Hunt, Larry the Cable Guy, Nathan Fillion, Kerry Washington, Lea DeLaria | Roteiro: Kiel Murray, Bob Peterson, Mike Rich | Direção: Brian Fee | Duração: 109 minutos

É verdade que muitas franquias continuam existindo apenas para vender produtos licenciados, e a franquia Carros é um dos melhores exemplos disso. Por isso é satisfatório ver que em Carros 3 a Disney/Pixar não seguiu o caminho de outros universos cinematográficos já bem estabelecidos, principalmente os infantis, e se preocupou em contar uma história um pouco mais profunda que a de seus concorrentes que também chegam na segunda ou terceira continuações. Essa é uma produção que tem o melhor dos dois mundos, pois consegue agradar tanto quem começou a acompanhar as aventuras dos moradores de Radiator Springs em 2006 como quem só vai começar agora.

Leia mais

Percy Jackson e o Mar de Monstros | Crítica | Percy Jackson: Sea of Monsters, 2013, EUA

Percy Jackson e o Mar de Monstros é mais uma busca desastrosa por uma nova franquia para jovens adultos que irá substituir a anterior.

Percy Jackson e o Mar de Monstros, 2013

Com Logan Lerman, Brandon T. Jackson, Alexandra Daddario, Leven Rambin, Jake Abel, Stanley Tucci, Nathan Fillion. Roteirizado por Marc Guggenheim (Lanterna Verde), baseado na obra de Rick Riordan. Dirigido por Thor Freudenthal (Diário de um Banana).

4/10 - "tem um Tigre no cinema"A busca pela nova franquia dita para jovens adultos continua. Três anos depois da primeira adaptação – de um total de cinco livros – Percy Jackson volta aos cinemas numa continuação nada empolgante. O filme é praticamente um desastre, faltando ritmo, diálogos, e com o grupo de personagens desinteressantes ao extremo. Além de serem péssimos alunos. Isso porque apesar de estarem imersos na cultura da mitologia grega, parecem não conhecer a própria história. O que se vê na tela é uma tentativa desesperada de americanizar Harry Potter, ainda que as histórias do bruxo inglês não sejam exatamente originais.

Leia mais

Para cima