Postagens Etiquetadas ‘Ian McKellen’

O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei | TigreCast #166 | Podcast

Podcast sobre o último filme da trilogia Senhor dos Anéis: O RETORNO DO REI (The Return of the King, 2003) de Peter Jackson. Ouve aí!

O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei | TigreCast #166 | Podcast

A day may come when the courage of men fails, when we forsake our friends and break all bonds of fellowship, but it is not this day… This day we fight!” – Aragorn

No podcast de hoje Tiago Lira (@tiagoplira) e Matheus Des (@matheusdes), tão solitários quanto Frodo e Sam em direção à Montanha da Perdição, finalmente fecham uma trilogia. É hora de voltar uma última vez, quem sabe, para a Terra Média e para a Guerra do Anel com a produção de 2003, O SENHOR DOS ANÉIS: O RETORNO DO REI (The Lord of the Rings: The Return of the King)!

Leia mais

Reproduzir

A Bela e a Fera | Crítica | Beauty and the Beast, 2017, EUA

A adaptação da versão animada de A Bela e a Fera para o live action é tão deslumbrante quanto o original.

A Bela e a Fera (2017)

Elenco: Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans, Kevin Kline, Josh Gad, Ewan McGregor, Stanley Tucci, Audra McDonald, Gugu Mbatha-Raw, Ian McKellen, Emma Thompson | Roteiro: Stephen Chbosky, Evan Spiliotopoulos | Baseado em: A Bela e Fera – Disney e A Bela e Fera (Jeanne-Marie Leprince de Beaumont) | Direção: Bill Condon (A Saga Crepúsculo: Amanhecer) | Duração: 129 minutos

Percebendo que seria impossível desassociar um evento de outro, a versão com atores e atrizes de A Bela e a Fera abraça a nostalgia ao manter músicas e personagens, mas usa o tempo maior de projeção, cerca de 30 minutos a mais que o original, para expandir a história que já conhecemos. Entre se arrepiar com as músicas que fizeram o desenho de 1991 se tornar amado e algumas poucas atualizações, entre figuras e músicas, a produção marca pelo deslumbre visual, figuras de fácil identificação e temas universalmente conhecidos, a nova versão é tão boa quanto a clássica e está pronta para encontrar novos apreciadores.

Leia mais

O Senhor dos Anéis: As Duas Torres | TigreCast #154 | Podcast

Podcast sobre O Senhor dos Anéis: As Duas Torres (2002), continuando as aventuras de Frodo, Sam, Aragorn, Gandalf, Legolas e Gimli até Mordor. Ouve aí!

O Senhor dos Anéis: As Duas Torres | TigreCast #154

… There’s some good in this world, Mr. Frodo… and it’s worth fighting for“. – Samwise

Quantas, me digam quantas trilogias mantém a qualidade em todos os filmes? Pra cada Poderoso Chefão existe um Velozes e Furiosos. Pra cada De Volta para o Futuro temos três ou quatro adaptações de futuro distópico… Então, vamos falar de coisa boa, de novo? Continuando para Mordor, seguindo Frodo e Sam, Legolas, Gimli e Aragorn, voltamos para a Terra Média e para o Senhor dos Anéis com AS DUAS TORRES!

Tiago Lira (@tiagoplira), Matheus Des (@matheusdes) e Thiago Damasceno discutem a filmografia de 2002, os novos atores e atriz – Bernard Hill, Karl Urban, Miranda Otto, Brad Dourif, David Wenham e John Noble – e as suas carreiras. Falamos da divisão da narrativa em duas e como Peter Jackson diferencia esses cenários. A grande importância dos detalhes, um dos primeiros memes do Youtube, as mensagens ecológicas e a questão de como o povo oriental é retratado na história. Também de como a montagem do Entebate dá o tom das cenas de ação, como ego, superego e id são representados na história e os maiores signos da história.

E seria Saruman o Donald Trump da Terra Média?

E ESTAMOS DE VOLTA!

Leia mais

Reproduzir

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos | Crítica | The Hobbit: The Battle of the Five Armies, 2014, EUA

A Batalha dos Cinco Exércitos, parte final da trilogia O Hobbit, tem boas cenas de ação e coreografias, mas é o mais fraco dos três.

The Hobbit: The Battle of the Five Armies, 2014

Com Martin Freeman, Ian Mckellen, Richard Armitage, Evangeline Lilly, Lee Pace, Luke Evans, Benedict Cumberbatch, Ken Stott, James Nesbitt, Cate Blanchett, Ian Holm, Christopher Lee, Hugo Weaving, Orlando Bloom, Manu Bennett, Mikael Persbrandt, Ryan Gage, Lawrence Makoare, Stephen Fry e Sylvester McCoy. Roteirizado por Fran Walsh, Philippa Boyens, Peter Jackson e Guillermo del Toro. Baseado nas obras de JRR Tolkien. Dirigido por Peter Jackson.

6/10 - "tem um Tigre no cinema"A principal preocupação vinda do filme anterior se confirmou, e o que temos em O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos é uma produção mediana, estendida ao extremo e que se salva por ser um trabalho baseado em Tolkien. A megalomania de Peter Jackson não destruiu a experiência – afinal, ter visitado de novo a Terra Média é satisfatório – mas é visível a falta de dinâmica do diretor que fecha a nova trilogia com bem menos brilho do que o trabalho impecável que foi a trilogia anteriormente dirigida por ele.

Leia mais

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido | Crítica | X-Men: Days of Future Past, 2014, EUA

X-Men: Days of Future Past, 2014

Com Hugh Jackman, James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Halle Berry, Anna Paquin, Ellen Page, Nicholas Hoult, Peter Dinklage, Ian McKellen e Patrick Stewart. Argumento de Simon Kinberg, Matthew Vaughn e Jane Goldman. Roteirizado por Simon Kinberg, baseado na história de Chris Claremont e John Byrne. Dirigido por Bryan Singer (Jack – O Caçador de Gigantes).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"O maior problema de uma franquia – e principalmente uma da Marvel que tem tanta histórias pregressas e tantos fãs para agradar – é a repetição: temas, atores, protagonistas, antagonistas até mesmo vilões. Percebendo isso, Kinberg e um renovado Singer apresentam um filme de ação empolgante, misturando temas de ficção científica/viagem no tempo e abrem um leque de vastas possibilidades. X-Men: Dias de um Futuro Esquecido é um filme para se ver mais de uma vez, e é a melhor adaptação do universo X nos cinemas. Leia mais

O Hobbit: A Desolação de Smaug | Crítica | The Hobbit: The Desolation of Smaug, 2013, EUA

hobbit2-a_desolacao_de_smaug

Com Ian McKellen, Martin Freeman, Richard Armitage, Benedict Cumberbatch, Evangeline Lilly, Lee Pace, Luke Evans, Ken Stott, James Nesbitt e Orlando Bloom. Roteirizado por Peter Jackson, Fran Walsh, Philippa Boyens e Guillermo del Toro, baseado na obra JRR Tolkien. Dirigido por Peter Jackson.

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Quando saí da sessão de “O Hobbit: Uma Aventura Inesperada” (The Hobbit: An Unexpected Journey, 2012) disse não haver problemas de ritmo. É justo dizer que isso se mantém na segunda parte da trilogia. Ainda assim, é um filme muito longo. Jackson – que continuo tendo fé – ainda se apresenta como um megalomaníaco que não quer que nada saia na sala de edição. Superando ligeiramente o primeiro filme, a produção se sustenta no carisma dos personagens, em ser baseado num maravilhoso trabalho de Tolkien e na ação que dessa vez não demora a acontecer, por mais que poderiam ser cortados pelo menos vinte minutos de projeção em favor do dinamismo.

Leia mais

[TigreCast #21] O Hobbit – Um Programa Inesperado

tigrecast021

Bem-vindos à  edição 21 do TigreCast. Se você perdeu a transmissão pelo Portal São Paulo Digital, pode conferir aqui.

Hoje o convidado é Tullio Dias, redator Cinema em Cena e crítico e editor do Cinema de Buteco. Hoje falamos do Hobbit pós-hype. Ouça a gente admitindo que gosta apesar dos vários defeitos, descubra por quê a Laracna é parente dos 48fps e uma ouça uma curiosidade futebolista do convidado mineiro.

Dê o play aqui embaixo>

Ou clique AQUI com o botão direito e escolha “Salvar o destino como…”

Comentado no programa
Minha crítica de “O Hobbit – Uma Aventura Inesperada”;
Crítica do Tullio do filme;
Ian McKellen e sua raiva com a tela verde;

Estreias de 18 de janeiro de 2013
Amor (Amour)
Django Livre (Django Unchained) | Crítica
O homem mais procurado do mundo (Codename: Geronimo)
O Último Desafio (The Last Stand) | Crítica
Sammy: A grande fuga (Sammy 2: The Great Escape)

[Feed e iTunes]
Clique aqui para assinar o Feed!

[Críticas, comentários e voadoras no baço]
• email: contato@umtigrenocinema.com
• twitter: @the_tyger
• facebook: http://www.facebook.com/umtigrenocinema

Reproduzir

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada | Crítica | The Hobbit: An Unexpected Journey, 2012, EUA

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada tem erros – sendo o principal sabermos que teremos outras duas partes – mas é um filme equilibrado que vai agradar os sedentos por aventuras.

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada

Com Ian McKellen, Martin Freeman, Richard Armitage, Andy Serkis, Hugo Weaving, Christopher Lee, Elijah Wood, Ian Holm e Cate Blanchett. Roteirizado por  Peter Jackson, Fran Walsh, Philippa Boyens, e Guillermo del Toro, baseado na obra de JRR Tolkien. Dirigido por Peter Jackson.

8/10 - "tem um Tigre no cinema"“O Hobbit ” foi uma produção cercada de alguns questionamentos, sendo um deles a tecnologia de 48 quadros por segundo e a decisão do diretor de dividir um livro de pouco mais de 300 páginas em três filmes. Não posso opinar ainda sobre a tecnologia nova, mas o que vi na tela me agradou muito. A primeira parte da nova trilogia, “Uma Jornada Inesperada” nos leva de novo à Terra Média num passeio que não dá espaço para receios e medos. Existem alguns erros que levam o filme à ficar longe da nota máxima, mas os acertos são suficientes para dizermos mais uma vez que “in Jackson we trust”.

Leia mais

Para cima