Postagens Etiquetadas ‘Dane DeHaan’

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas | Crítica | Valerian and the City of a Thousand Planets, 2017, França

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas é grandioso e extremamente bem feito, mas falta lapidação no roteiro e conta com fracas atuações.

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas (Valerian and the City of a Thousand Planets) Crítica

Elenco: Dane DeHaan, Cara Delevingne, Clive Owen, Rihanna, Ethan Hawke, Herbie Hancock, Kris Wu, Rutger Hauer | Roteiro: Luc Besson | Baseado em: Valérian et Laureline (Pierre Christin, Jean-Claude Mézières) | Direção: Luc Besson (Lucy) | Duração: 137 minutos

Existe sempre um perigo em adaptar algo que é grandioso desde o seu cerne, como é o caso de Valerian e a Cidade dos Mil Planetas. Transportar das histórias em quadrinhos, uma plataforma praticamente sem limites, sem se perder no caminho não é tão incomum – e exemplos não faltam. Essa é uma obra ambiciosa de Luc Besson, que apostou alto no visual de um lugar onde podemos ver 200 espécies de alienígenas diferentes, muitas cores e culturas, e que precisava contar uma boa história, mesmo que ela seja um tanto simples. Apesar de visualmente espetacular, ainda que alguns cenários sejam familiares, a trama se alonga além do necessário, tornando a experiência cansativa durante um bom tempo.

Leia mais

O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro | Crítica | The Amazing Spider-Man 2, 2014, EUA

O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro melhora em todos os quesitos da aventura anterior com Andrew Garfield.

The Amazing Spider-Man 2, 2014

Com Andrew Garfield, Emma Stone, Jamie Foxx, Dane DeHaan, Colm Feore, Felicity Jones, Campbell Scott, Embeth Davidtz, Paul Giamatti e Sally Field. Argumento de Alex Kurtzman, Roberto Orci, Jeff Pinkner e James Vanderbilt. Roteirizado por Alex Kurtzman, Roberto Orci e Jeff Pinkner, baseados nos quadrinhos da Marvel Comics. Dirigido por Marc Webb (O Espetacular Homem- Aranha).

8/10 - "tem um Tigre no cinema"Do aprendizado, vem a evolução. E ela é bem clara em O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro. Se no primeiro filme havia uma série de momentos bons com outros fracos – como os diálogos previsíveis – a continuação tem uma história mais interessante, ótimas cenas de ação e uma clara melhoria nos efeitos especiais. O diretor Marc Webb junto dos seus três roteiristas – um número elevado –, conseguiram mesclar ação, drama e doçura de maneira bem equilibrada nos 140 minutos de filme. E isso abre portas para aventuras mais complexas e adultas, tentando agradar tanto os fãs do quadrinhos quanto aqueles que acompanham as aventuras do cabeça de teia apenas nos cinemas.

 

Leia mais

Poder Sem Limites (Chronicle, 2012, EUA) [Crítica]

Com Dane DeHaan, Michael B. Jordan, Michael Kelly e Alex Russell. Roteiro de Max Landis. Argumento de Max Landis e Josh Trank. Dirigido por Josh Trank.

O estilo mockumentary parece não cansar o público, e “Poder Sem Limites” é um bom exemplo do estilo, pelo menos em parte. O filme lida com questões da adolescência como amizades, popularidade, festas, bullying e superpoderes… oras, nem todos os questionamentos precisam ser reais. Os motivos para os personagens estarem usando câmeras todo tempo é plausível na maior parte do tempo, e o diretor consegue dar um ritmo de filme, classicamente falando, com os planos-sequencia típicos do mockumentary alternando com cortes de 2 a 4 segundos. Isso acontece porque temos outra personagem usando uma câmera para um blog, e que qualquer celular filma. Mas isso levanta certas dúvidas, onde a montagem poderia ter sido melhor explorada para dar mais veracidade ao filme, que é o ponto dos filmes found footage.

Leia mais

Para cima