Postagens Etiquetadas ‘crítica’

Horas de Desespero | Crítica | No Escape, 2015, EUA

Horas de Desespero é um eficiente e tenso thriller de ação, mas tem muitos problemas.

No Escape, 2015

Com Owen Wilson, Lake Bell, Sterling Jerins, Claire Geare e Pierce Brosnan. Roteirizado por John Erick Dowdle, Drew Dowdle. Dirigido por John Erick Dowdle.

6/10 - "tem um Tigre no cinema"Há uma mistura de sentimentos depois de assistirmos Horas de Desespero, uma sensação que está ao alcance de um braço, mas ainda fica difícil de notar. Ainda que seja uma produção embalada nos mesmos moldes dos filmes de ação, o diretor John Erick Dowdle consegue afastar seus personagens de gente como Bryan Mills ou Frank Martin e ainda é seguro o suficiente na direção para criar uma trama tensa. Por outro lado, a problemática desenvoltura dos inimigos como se fosse uma horda de zumbis é o ponto mais fraco do filme. Um pouco mais de tato nessa questão destacaria mais a produção que, infelizmente, resolver tomar o caminho mais fácil.

Leia mais

A Forca | Crítica | The Gallows, 2015, EUA

The Gallows, 2015

Com Reese Mishler, Pfeifer Brown, Ryan Shoos, Cassidy Gifford. Escrito e dirigido por Travis Cluff e Chris Lofing.

2/10 - "tem um Tigre no cinema"Existem obras que, por mais que haja esforço, tanto dos realizadores quanto da plateia, pouco tem a se dizer. A Forca vem no aparente fim do estilo mockumentary/found-footage, e mostra porque o estilo precisa desesperadamente de, no mínimo, um descanso. Ou ainda, pode ser hora de deixar as câmeras tremidas para trás e investir novamente em histórias autorais. Apesar de não ser o pior exemplo, somos apresentados à só mais um filme com a falsa sensação de real, que não é o pior do estilo, mas também está muito longe de ser um dos melhores – o que, infelizmente, diz muito sobre esse tipo de filme.

Sinopse oficial

Vinte anos após um acidente que causou a morte de Charlie, durante uma peça de teatro estudantil, alunos da mesma escola da pequena cidade resolvem ressuscitar a produção em uma tentativa infeliz de honrar o aniversário da tragédia – mas vão descobrir que algumas coisas do passado devem ser deixadas em paz.”

Leia mais

Depois da Terra (After Earth, 2013, EUA) [Crítica]

"After Earth", 2013

Com Jaden Smith, Will Smith, Sophie Okonedo, Zoë Isabella Kravitz e David Denman. Roteirizado por Gary Whitta e M Night Shyamalan. Dirigido por M Night Shyamalan (O Sexto Sentido).

5/10 - "tem um Tigre no cinema"Alguns filmes são tão fracos que podem ser resumidos em poucas palavras, apesar de não ser essa a intenção da crítica. A produção de Will Smith, que envolve o filho Jaden, a esposa Jada Pinkett, que é produtora junto do marido e do diretor M Night Shyamalan – que lidera esse filme de jornada de amadurecimento – é extremamente egocêntrica. O diretor emprega um ritmo muito lento, apostando numa história que sairia muito melhor se fosse um curta-metragem. Tem pouca ação, pouca ficção científica, e pouco cuidado em outros detalhes técnicos. Sem mostrar nada de relevante nos últimos dez anos, esse é mais um filme que mostra que o diretor está num caminho errado. Ainda é um mistério como ele ainda se sustenta em Hollywood.

Leia mais

Para cima