Postagens Etiquetadas ‘Tracy Letts’

Lady Bird: A Hora de Voar | Crítica | Lady Bird, 2017, EUA

Lady Bird toca no assunto de crescer e amadurecer, como várias outras produções, mas com algumas peculiaridades que fazem a trama se destacar.

Lady Bird: A Hora de Voar | Crítica

Elenco: Saoirse Ronan, Laurie Metcalf, Tracy Letts, Lucas Hedges, Timothée Chalamet, Beanie Feldstein, Stephen, McKinley Henderson, Lois Smith | Roteiro e direção: Greta Gerwig | Duração: 93 minutos

Quem nunca esteve numa situação onde se encontrou preso pelas próprias limitações, ou aquelas impostas por outros, pode não se identificar com Lady Bird: A Hora de Voar – mas não parece ser o caso da maioria, só de uns poucos privilegiados. A vontade de qualquer um que se viu em situações parecidas se acha na posição de torcer para que tudo dê certo na vida da personagem, mesmo que pelo bem da narrativa existam exageros – e compreendendo depois que a protagonista tenha usado de mentiras e quebrado regras para isso. Algo que, em suma, é moralmente questionável. Entre as muitas primeiras vezes, a produção é uma ode ao processo que é crescer, com suas dores e as outras várias alegrias.

Leia mais

The Post: A Guerra Secreta | Crítica | The Post, 2017, EUA

The Post: A Guerra secreta é, além de um filme, uma posição política e a reafirmação do antigo ditado que o preço da liberdade é estarmos sempre alertas.

The Post: A Guerra Secreta | Crítica

Elenco: Meryl Streep, Tom Hanks, Sarah Paulson, Bob Odenkirk, Tracy Letts, Bradley Whitford, Bruce Greenwood, Matthew Rhys | Roteiro: Liz Hannah, Josh Singer | Direção: Steven Spielberg (Prenda-Me Se For Capaz) | Duração: 116 minutos

Provavelmente, existem poucas pessoas que conseguiriam um feito de encaixar um filme entre a produção e a pós-produção de outro. Porém, isso não é o mais importante em The Post: A Guerra Secreta. Num mundo onde qualquer ação pode ser considerada uma manifestação política, Spielberg contou com o cenário atual da política dos EUA para defender a liberdade de imprensa e para lembrar que certas coisas são cíclicas. E pode parecer que é apenas para dizer que políticos irão sempre mentir, o que seria muito raso, mas essa história investigativa serve mais como um totem da premissa do preço da liberdade ser estarmos atentos.

Leia mais

Killer Joe – Matador de Aluguel | Crítica | Killer Joe, 2012, EUA

Killer Joe é um filme violento, com doses de sarcasmo e humor negro e muito interessante por nos colocar numa história depressiva e tensa.

Killer Joe

Com Matthew McConaughey, Emile Hirsch, Juno Temple, Gina Gershon e Thomas Haden Church. Roteirizado por Tracy Letts (Possuídos), baseado na própria peça de teatro. Dirigido por William Friedkin (O Exorcista).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"Não é sempre que vemos um filme violento, com doses de sarcasmo e humor negro como “Killer Joe”. Friedkin juntou um excelente elenco, e conseguiu dar profundidade à esses personagens detestáveis, e que são a antítese da família unida. Com uma história intrigante, cheia de momentos tensos e deprimentes, mas altamente justificáveis, é ótimo vermos que o famoso diretor de “O Exorcista” (The Exorcist, 1973) acerta o caminho mais uma vez depois de tanto tempo.

Leia mais

Para cima