Apesar de ter um mistério bem óbvio, Suburbicon: Bem-Vindos ao Paraíso usa dessa facilidade para apontar um problema grave da sociedade dos EUA.

Suburbicon: Bem-Vindos ao Paraíso | Crítica

Elenco: Matt Damon, Julianne Moore, Noah Jupe, Oscar Isaac, Karimah Westbrook, Leith Burke, Tony Espinosa | Roteiro: Joel Coen, Ethan Coen, George Clooney, Grant Heslov | Direção: George Clooney (Caçadores de Obras Primas)

É fácil acusar Suburbicon: Bem-Vindos ao Paraíso como uma obra óbvia. Qualquer um com um mínimo de conhecimento ou que lê algumas linhas das notícias sabe que a nova produção dos Coen e George Clooney é uma sátira política à atual administração de Donald Trump e ao dito estilo de vida americano. Mas, ao jogar na cara algo tão óbvio, é o que faz o filme ser tão relevante, como se o diretor dissesse que os seus conterrâneos estão fazendo é uma tragédia, algo digno de piada e ninguém melhor do que dois roteiristas especializados no humor mórbido para escancarar as mazelas atuais de uma sociedade que se comporta como uma turba de loucos do que olhar em volta e descobrir os problemas de verdade.

Leia mais