Postagens Etiquetadas ‘Matthew Goode’

O Jogo da Imitação | Crítica | The Imitation Game, 2014, EUA-Reino Unido

Em O Jogo da Imitação conhecemos Alan Turring, matemático que auxiliou o fim da 2ª Guerra Mundial e deu os primeiros passos para a criação do computador.

The Imitation Game, 2014

Com Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Goode, Rory Kinnear, Charles Dance e Mark Strong. Roteirizado por Graham Moore, baseado no livro de Andrew Hodges. Dirigido por Morten Tyldum.

8/10 - "tem um Tigre no cinema"É para dar uma luz aos detalhes da guerra, fugindo de tiros e explosões, que servem filmes como O Jogo da Imitação. Ao contar as minúcias por detrás de grandes eventos, desvendamos mistérios e entendemos com as peças de jogo complexo se movem por trás da cortina. Além disso, é uma homenagem justa a um gênio, uma retratação necessária e um retrato da natureza humana.

Sinopse oficial

O Jogo da Imitação conta os períodos mais importantes da vida de Alan Turing (Cumberbatch), desde os infelizes anos da adolescência no internato, passando pelo triunfo secreto de sua equipe durante a guerra até a tragédia de sua morte prematura no período pós-guerra, quando foi condenado por ser homossexual e obrigado a tomar injeções de hormônio para não ser preso. Turing inventou a técnica eletromecânica que permitiu a quebra de cerca de 3.000 mensagens de códigos secretos gerados pela máquina alemã Enigma, possibilitou o fim da Segunda Guerra Mundial e deu os primeiros fundamentos para a criação do computador.”

Leia mais

Segredos de Sangue | Crítica | Stoker, 2013, EUA

Cativante, sombrio e misterioso, Segredos de Sangue se destaca no gênero e é um alento os fãs do gênero.

Segredos de Sangue

Com, Mia Wasikowska, Matthew Goode, Nicole Kidman, Dermot Mulroney, e Jacki Weaver. Roteirizado por Wentworth Miller. Dirigido por Park Chan-wook (Oldboy).

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Palmas às primeiras vezes, por mais abstrato e nebuloso que isso possa soar. O roteirista de primeira viagem Wentworth Miller – para muitos, o eterno Michael Scofield da série de TV Prison Break (2005-2009)  – se uniu com o diretor Park Chan-Wook, de Oldboy (Oldboy,  2003), no seu primeiro trabalho em solo americano; e que trabalho! Chan-Wook não é nenhum novato, e o fato dele ter acreditado no roteiro que estava escrito desde 2010 – quando Miller usou o pseudônimo de Ted Foulke – deu muito crédito ao estreante. Com uma história cativante, sombria e misteriosa, “Segredos de Sangue” se destaca no gênero, quase salvando um semestre que foi bem fraco para os fãs do estilo.

Leia mais

Para cima