The Post: A Guerra secreta é, além de um filme, uma posição política e a reafirmação do antigo ditado que o preço da liberdade é estarmos sempre alertas.

The Post: A Guerra Secreta | Crítica

Elenco: Meryl Streep, Tom Hanks, Sarah Paulson, Bob Odenkirk, Tracy Letts, Bradley Whitford, Bruce Greenwood, Matthew Rhys | Roteiro: Liz Hannah, Josh Singer | Direção: Steven Spielberg (Prenda-Me Se For Capaz) | Duração: 116 minutos

Provavelmente, existem poucas pessoas que conseguiriam um feito de encaixar um filme entre a produção e a pós-produção de outro. Porém, isso não é o mais importante em The Post: A Guerra Secreta. Num mundo onde qualquer ação pode ser considerada uma manifestação política, Spielberg contou com o cenário atual da política dos EUA para defender a liberdade de imprensa e para lembrar que certas coisas são cíclicas. E pode parecer que é apenas para dizer que políticos irão sempre mentir, o que seria muito raso, mas essa história investigativa serve mais como um totem da premissa do preço da liberdade ser estarmos atentos.

Leia mais