Posts Tagged ‘Lena Headey’

Orgulho e Preconceito e Zumbis | Crítica | Pride and Prejudice and Zombies, 2016, EUA

Mesmo com problemas na execução, Orgulho e Preconceito e Zumbis, reimaginando o clássico de Jane Austen, prova que zumbis deixam tudo mais divertido.

Orgulho e Preconceito e Zumbis (2016)

Com Lily James, Sam Riley, Jack Huston, Bella Heathcote, Douglas Booth, Matt Smith, Charles Dance, Lena Headey. Roteirizado por Burr Steers, baseado no romance de Jane Austen e Seth Grahame-Smith. Dirigido por Burr Steers.

6/10 - "tem um Tigre no cinema"É inegável o peso do clássico do original de uma das mais renomadas autoras inglesas. Porém, é muito importante se desvencilhar da fonte de inspiração para entender a proposta de Orgulho e Preconceito e Zumbis. Em primeiro lugar, e talvez de maneira menos clara, é importante por colocar mulheres em destaque. Mulheres com espadas e que lutam artes marciais. Claro, a luta de diferença de classes ainda está lá, mas com uma leve e interessante distorcida do livro do século XIX. A intenção é divertir o público. O que melhor que zumbis para atingir esse objetivo?

Read more

300: A Ascensão do Império | Crítica | 300: Rise of an Empire

300: A Ascensão do Império é uma caricatura mal feita do primeiro filme.

300: A Ascensão do Império

Com Sullivan Stapleton, Eva Green, Lena Headey, Hans Matheson, Yigal Naor, Gerard Butler e Rodrigo Santoro. Roteirizado por Zack Snyder e Kurt Johnstad. Dirigido por Noam Murro.

4/10 - "tem um Tigre no cinema"Imagino a conversa que o diretor Noam Murro e seus dois montadores tiveram:

“Pronto, fechamos com 90 minutos.”

“Não dá. Preciso de 100 no mínimo. Usem mais slow-motion.

“Mas já está cheio dele.”

“Não importa, usem em todo resto. Nas cavalgadas, nas pás dos remos em cada corte. Quero slow-motion em TUDO.”

Isso que é a continuação de 300 (300, 2007): uma caricatura do eficiente filme de Zack Snyder, onde Murro apostou que a assinatura mais básica do diretor – abandonada em O Homem de Aço (Man of Steel, 2013) – seria suficiente para criar um bom filme de ação. O que temos é o oposto. Uma produção sonolenta e sem inspiração. Read more

Uma Noite de Crime | Crítica | The Purge, 2013, EUA

Noite_de_Crime-post

Com Ethan Hawke, Lena Headey, Max Burkholder, Adelaide Kane, Edwin Hodge, e Rhys Wakefield. Roteirizado e Dirigido por James DeMonaco.

6/10 - "tem um Tigre no cinema"A sociedade distópica é um bom exercício de imaginação. Até onde a raça humana pode ir, levando à superfície o que tem de mais torpe pode funcionar como reflexão. “Uma Noite de Crime” faz o retrato da sociedade que foi tomada pelo medo por causa da violência, numa crítica à limpeza étnica, à guerra e à indústria de armas. Não é um trabalho fraco. Mas poderia ser um thriller mais denso, que se perde na conclusão ao sucumbir aos velhos clichês de sustos baratos e violência.

Read more

Return top