Postagens Etiquetadas ‘Rebecca Ferguson’

Vida | Crítica | Life, 2017, EUA

Vida homenageia tanto outra grande franquia do terror especial que acaba se perdendo e ficando sem alma.

Vida (Life) 2017

Elenco: Jake Gyllenhaal, Rebecca Ferguson, Ryan Reynolds, Hiroyuki Sanada, Ariyon Bakare, Olga Dihovichnaya | Roteiro: Rhett Reese, Paul Wernick | Direção: Daniel Espinosa (Protegendo o Inimigo) | Duração: 103 minutos

Imagine caminhar no calcanhar de gigantes, com comparações inevitáveis. Espinosa optou, mesmo com um orçamento e um elenco de peso em mãos, fazer uma grande homenagem ao gênero do terror espacial em Vida: nada de original, sem deixar de apontar essas influências, tanto clássicas quanto as mais modernas. Isso, em geral, deixa a produção com um ar de pouca personalidade, mas que ao menos tem momentos de tensão que serão suficientes para deixar o espectador atento e preso na história. E com pouquíssima ousadia, a história acaba valendo a pena mais para caçar as referências a entender a história em si.

Leia mais

A Garota no Trem | Crítica | The Girl on the Train, 2016, EUA

A Garota no Trem é um thriller eficiente e que toca em assuntos necessários para a nossa sociedade.

A Garota no Trem (2016)

Elenco: Emily Blunt, Rebecca Ferguson, Haley Bennett, Justin Theroux, Luke Evans, Allison Janney, Édgar Ramírez, Lisa Kudrow | Roteiro: Erin Cressida Wilson (Homens, Mulheres e Filhos) | Baseado em: A Garota no Trem (Paula Hawkins) | Direção: Tate Taylor (Histórias Cruzadas)

8/10 - "tem um Tigre no cinema"Uma das grandes discussões em A Garota no Trem é até quando deveríamos nos prender, seja numa ideia ou numa pessoa. Pautado por diferentes pontos de vistas diferentes, mas todos femininos – com a acertada decisão de ter uma roteirista adaptando o trabalho da autora – o filme lida com solidão, tristeza, rebeldia e principalmente contra poderes pré-estabelecidos por uma sociedade machista. Assim como a protagonista, temos apenas pedaços de informação, o que nos transporta para os pés dela, vivendo, respirando e até seus apagões. O mistério apresentado por Taylor nos envolve e brinca com a dubiedade, o que faz que nos questionemos em quase todos os momentos.

Leia mais

Florence: Quem é Essa Mulher? | Crítica | Florence Foster Jenkins, 2016, Reino Unido – França

Florence: Quem é Essa Mulher? fala sobre a realização de sonhos e é uma belo filme que eleva o espírito de quem assiste.

Florence: Quem é Essa Mulher? (2016)

Com Meryl Streep, Hugh Grant, Simon Helberg, Nina Arianda e Rebecca Ferguson. Roteirizado por Nicholas Martin. Dirigido por Stephen Frears (Philomena).

Florence: Quem é Essa Mulher? fala sobre a realização de sonhos e é uma belo filme que eleva o espírito de quem assiste.

7/10 - "tem um Tigre no cinema"O showbiz sempre foi uma bajulação, e Florence: Quem é Essa Mulher? também mostra essa pintura. Mas essa é apenas um parte do retrato dessa socialite que não era só apaixonada pela música, mas vivia por ela. A nova produção de Stephen Frears é um retrato sensível e belo de uma pessoa que cantava com o coração, ainda que suas cordas vocais não refletissem tanto amor. O diretor consegue prever a reação da plateia nos momentos de comédia, ora rindo com ela e ora a criticando. Quase como um conto de fadas, a história da pior cantora lírica do mundo fala também sobre superação e como podemos encontrar belezas nos lugares mais improváveis.

Leia mais

Missão: Impossível – Nação Secreta | Crítica | Mission: Impossible – Rogue Nation, 2015, EUA

Missão: Impossível – Nação Secreta é um dos melhores filmes de ação de 2015, com Tom Cruise correndo e correndo…

Mission: Impossible – Rogue Nation, 2015

Com Tom Cruise, Jeremy Renner, Simon Pegg, Rebecca Ferguson, Ving Rhames, Sean Harris, Alec Baldwin. Argumento de Christopher McQuarrie, Drew Pearce. Roteirizado e dirigido por Christopher McQuarrie (Jack Reacher: O Último Tiro).

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Equilíbrio. Essa é uma boa palavra para começar a falar sobre Missão: Impossível – Nação Secreta. O novo filme da franquia que iniciou sua versão cinematográfica em 1996 encontrou o equilíbrio entre tantas outras produções de ação que são lançadas mês a mês no cinema. Tem incríveis cenas de ação, comédia na medida certa, atuações impecáveis de todos os envolvidos e uma direção firme de Christopher McQuarrie. É um filme que ganha a audiência nos primeiros minutos, e não apenas mantém a qualidade dos anteriores – com exceção da exagerada continuação de 2000 –, como se torna um dos melhores filmes do gênero em 2015.

Leia mais

Para cima