Postagens Etiquetadas ‘Oscar’

Top 8: As Melhores Canções do Oscar | TigreCast #125 | Podcast


As Melhores Canções Originais do Oscar

Acabaram os Prêmios da Academia de 2016! Você já viu quem ganhou e quem perdeu, mas aqui o clima continua. Para finalizar as conversas sobre o prêmio, fizemos uma eleição das 8 Melhores Canções do Oscar que levaram o careca dourado entre 1934 e 2015.

Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Cliff e Marcelo Paradella (@bolapucc) conversam sobre a música que foi sucesso, mas que não tem a cara do cantor; aquela que não se sabia direito se poderia ter sido eleita; a pop romântica do maior indicado ao prêmio; aquela que se você nunca dançou está mentindo; uma das muitas músicas do agente secreto mais conhecido do mundo; um dos maiores clássicos num dos momentos mais marcantes da história do cinema; outra que é mais popular que o próprio filme; e uma que é uma gracinha e cantada por uma gracinha.

E aproveite pra ouvir um pouco do Paradella soltando a voz 😀

Leia mais

Reproduzir

Argo | TigreCast #124 | Podcast

Argo | TigreCast #124

Argo fuck yourself!

Continuando nosso especial falando sobre os vencedores do Oscar 2013, é hora de falar de um filme que romantiza os problemas que os EUA colheram por causa de seus próprios erros de política externa: Argo (2012), dirigido por Ben Affleck, que tem no elenco Bryan Cranston, John Goodman, Alan Arkin e o próprio diretor.

No podcast de hoje, Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Paradella (@bolapucc) e Matheus Des (@matheudes) conversam sobre a carreira de Affleck na direção – e que os fãs da DC Comics devem ir preparando um altar para ele – dos outros indicados ao prêmio, as qualidades da montagem, da fotografia e como a adaptação deixa os espectadores tensos. Ainda deixamos um recado especial para nossos ouvintes Steven Spielberg e alguns executivos da Warner.

Leia mais

Reproduzir

O Quarto de Jack | Crítica | Room (2015) EUA

O Quarto de Jack (2015)

Com Brie Larson, Jacob Tremblay, Joan Allen, Sean Bridgers, William H. Macy. Roteirizado por Emma Donoghue. Dirigido por Lenny Abrahamson.

Tenso, pesado e triste são poucas, mas fortes palavras para descrever O Quarto de Jack, um drama tão marcante e tão cheio de momentos belos desse concorrente ao Oscar de Melhor Filme.

10/10 - "tem um Tigre no cinema"Imagine o seu universo hoje. Onde você pode ir a partir da sua casa: fazer viagens, visitar amigos, ir ao cinema, visitar seus parentes, namorar, ir ao cinema. Imagine agora alguém cujo universo se resume a 10m². Esse exercício é posto para nós em O Quarto de Jack, um drama que tenta traduzir em imagem e palavras as descobertas de uma criança num assustador, novo, barulhento e infinito mundo. Emma Donoghue e Lenny Abrahamson descrevem um cenário assustador que te fará sentar à beira da cadeira, ao mesmo tempo que é cheio de lirismos e belezas.

Leia mais

Brooklyn | Crítica | Brooklyn (2015) Irlanda-Reino Unido-Canadá

Brooklyn (2015)

Com Saoirse Ronan, Emory Cohen, Domhnall Gleeson, Jim Broadbent e Julie Walters. Roteirizado por Nick Hornby, baseado no romance de Colm Tóibín. Dirigido por John Crowley.

Longe de ser uma joia de filme ou maravilhoso, Brooklyn encontrará lugar nos que preferem um romance como tantos outros.

5/10 - "tem um Tigre no cinema"O Oscar não é parâmetro para nada e já discutimos isso tantas vezes. Na lista dos indicados sempre aparece um filme que nos perguntamos o porquê de estar lá. Podem ser boas surpresas – como foi o ótimo Selma – ou uma a coleção de clichês Brooklyn. Há bons momentos na produção britânica, que vão desde quesitos técnicos e a atuação da protagonista. Porém não é o suficiente para arrebatar os corações de quem já viu histórias de amor, ainda que dentro desse nicho ache defensores. No fim, é uma ovação tão grande aos EUA que parece ter sido feito apenas para agradar aquela audiência.

Leia mais

O Regresso | Crítica | The Revenant (2015) EUA

O Regresso (2015)

Com Leonardo DiCaprio, Tom Hardy, Domhnall Gleeson, Will Poulter, Forrest Goodluck, Arthur Redcloud e Grace Dove. Roterizado por Mark L. Smith e Alejandro G. Iñárritu baseado na obra de Michael Punke. Dirigido por Alejandro G. Iñárritu (Birdman).

O novo filme de Alejandro Iñárritu é contemplativo e tecnicamente impecável, podendo se mostrar um desafio para muitos, mas que vale a pena ser apreciado.

8/10 - "tem um Tigre no cinema"É verdade que O Regresso traz alguns desafios, sendo o principal a sua longa duração – 156 minutos – o que permite que o diretor use e abuse de longos planos, contemplações da natureza, flashbacks em misto de sonhos e poucos diálogos. Também é verdade que Iñárritu poderia ser mais breve em suas contemplações, o que não quer dizer que o filme se torne maçante em todo o tempo que ele aponta sua câmera para a natureza. O diretor busca mostrar a jornada do herói por meio de vários símbolos, sendo a duração um deles. Ainda que não agrade a todos – perfeitamente compreensível – é inegável a qualidade da direção do mexicano e sua paixão por fazer cinema.

Leia mais

Valente | TigreCast #122 | Podcast

Valente | TigreCast 122

I am Merida, and I’ll be shooting for my own hand.” – Princesa Merida

Estamos na época do mais conhecido prêmio da 7ª Arte – O Oscar. E nessa onda, começamos o nosso especial sobre alguns premiados da Academia em 2013. E começamos com o vencedor do prêmio de Melhor Animação de 2012: Valente (Brave).

Nesse podcast Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982),Marcelo Zagnolli (@marcelozagnolli) e Matheus Des (@matheudes) falam sobre um filme que tinha todas as possibilidades de ser bom, mas que resultou numa produção confusa. Conversamos sobre detalhes técnicos, a música, os grandes problemas do roteiro – chamado até de esquizofrênico por um dos participantes -, porquê teve má recepção na bilheteria – seria por ter uma protagonista feminina? – e como foi que os membros da academia escolherem esse ao invés de Detona Ralph.

Leia mais

Reproduzir

Anomalisa | Crítica | Anomalisa (2015) EUA

Anomalisa

Com David Thewlis, Jennifer Jason Leigh, Tom Noonan. Roteirizado por Charlie Kaufman. Dirigido por Duke Johnson, Charlie Kaufman.

Mais uma vez Charlie Kaufman te fará refletir sobre a vida num filme denso e que fala das dores que cada um pode ter.

10/10 - "tem um Tigre no cinema"Tudo é muito estranho em Anomalisa. Não é a típica animação que você está acostumado. Se hoje há uma tentativa de fazer você se perguntar se aquilo que está vendo é CGI ou filme, Kaufman e Johnson apresentam elementos claramente fora do eixo como o escritor ouve e vê as pessoas a seu redor. Durante todo o primeiro ato a audiência se sentirá incomodada com vozes masculinas e iguais saindo de todos os outros personagens – sejam mulheres ou crianças – e é nesse questionamento que o filme não sairá da sua cabeça. E não se preocupe, as respostas virão. Mesmo que demore um pouco.

Leia mais

Oscar 2016 | O que já vimos

Oscars 2016

OSCAR 2016: Com seus altos e baixos, filmes que não mereciam levar a estatueta, e a polêmica envolvendo a baixa representatividade das minorias, o Oscar ainda é o mais importante prêmio do cinema por divulgar a arte.

Então, vamos colocar aqui as críticas dos filmes indicados ao grande prêmio americano e que vai ao ar dia 28 de fevereiro.

(Atualizado em 15/fev/2016)

Leia mais

Oscar 2015 – As Apostas | TigreCast Especial #01 | Podcast

Oscar 2015 - As Apostas | TigreCast

Para compensar a ausência, ouçam o nosso especial do Oscar 2015! Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Des (@matheusdes) falam das suas preferências e apostas para o mais conhecido prêmio do cinema mundial.

Leia mais

Reproduzir

A Grande Beleza | TigreCast #77 | Podcast

 

A Grande Beleza | TigreCast 77

Non posso più perdere tempo a fare cose che non mi va di fare” – Gep

 

Continuando a contagem regressiva para o Oscar 2015, e estamos na terceira parte de quatro. Hoje Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Des (@matheusdes) discutem A Grande Beleza (La Grande Bellezza), filme dirigido por Paolo Sorrentino e vencedor do Oscar 2014 na categoria Filme Estrangeiro.

Falamos sobre a qualidade dos outros filmes indicados ao prêmio naquele ano, sobre o tema não tão claro do vencedor, se existe um jornada ou se vamos apenas acompanhando o nosso herói, o que é arte, morte e decadência, a busca pela grande beleza, as respostas da vida e sobre spoilers que, na verdade, não o são.

E o atraso desse podcast é um oferecimento da Live Tim, com mais de 50 horas sem sinal e sem previsão de envio de um técnico.

Dê o play aqui embaixo, ó:

Leia mais

Reproduzir

Frozen: Uma Aventura Congelante | TigreCast #76 | Podcast

Frozen | TigreCast 76

“Do you want to build a snowman?”

Continuamos no clima do Oscar, e dessa vez em um bem gelado (porque estamos precisando).

Na segunda parte do especial de contagem regressiva para o Oscar 2015, Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Juliana Varella e o estreante Lucas Giordano discutem o último vencedor da categoria Melhor Animação. Frozen: Uma Aventura Congelante!

Falamos das personagens que pavimentaram o caminho para Elza e Anna, da experiência Disney e da já manjada – mas necessária – quebra de paradigma.

Dê o play aqui embaixo, ó:

Leia mais

Reproduzir

Top 8: Filmes que não mereceram o Oscar | TigreCast #75 | Podcast


Top 8: Filmes que não mereceram o Oscar

A Academia divulgou hoje a lista dos indicados ao Oscar 2015, e para entrar no clima, começa o nosso especial sobre a mais conhecida premiação do Cinema. Nessa primeira parte, Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e os convidados Tatá Snow e Bruno Fava (FreakPop Studios) falam daqueles filmes que não são necessariamente ruins, mas que não mereceram o prêmio de melhor filme na época em que concorreram.

Leia mais

Reproduzir

Oscar 2015: Veja a lista dos indicados |#NEWS

Oscar 2015 | Indicados

Acabou a espera! Hoje a Academia divulgou a lista da 87ª edição dos contracorrentes ao Oscar 2015. Garota Exemplar e Uma Aventura Lego foram esnobados – com apenas uma indicação cada. O Grande Hotel Budapeste e Birdman lideram a lista com nove indicações cada. O Brasil está representado com O Sal da Terra na categoria Melhor Documentário.

Veja os principais indicados:

Leia mais

[PROMOÇÃO] Ganhe um DVD duplo de Alien! {RESULTADO!}

Mais uma promoção, também pra quem não entrou no mundo da alta definição e pra falarmos sobre Oscar 2012. O clássico do terror espacial numa versão dupla pra você. E vem com luva!

A edição vem com as duas versões do filme: a original do cinema, de 1979; e a do diretor, de 2003. E é recheado do extras.

Promoção expirada! Obrigado por participarem!

O vencedor foi o  @richardmoretto, sorteado pelo sorteie.me

O Segredo dos seus olhos (El secreto de sus ojos, 2009, Argentina) [Crítica]

Com Ricardo Darín, Soledad Villamil e Guillermo Francella. Escrito por Eduardo Sacheri e dirigido por Juan José Campanella (O Filho da Noiva). Depois de alguns anos de exílio, o detetive Benjamín Esposito volta para sua cidade natal. Aposentado, ele começa a escrever um livro sobre um caso que investigou nos anos 1970, e que ficou mal-resolvido.

O filme se passa em dois momentos diferentes: 1974 e 1999. Benjamín Espósito (Dárin) é um agente federal que volta para a capital e começa a escrever um romance sobre um caso que investigou que terminou mal-resolvido, que envolvia um estupro seguido de assassinato. Ele pede opinião da juíza e amiga Irene (Soledad) porque ela também participou da investigação, e que mexeu muito com ambos. O roteiro é adaptado de um livro, mas o bom é que do próprio roteirista. Dotado de um direção belíssima, esse filme te leva pelo caminho da investigação, do romance e das paixões dos personagens. Além da maestria do roteiro, a cenografia (que vai vem entre os anos 1970 e 1990) e a maquiagem (que tanto envelhece e rejuvenesce os atores) entram no conjunto para elevar mais a qualidade da película. O filme conta com uns cortes fade-in e fade-out pretos, que parecem que vão encerrar o filme. Isso quebra um pouco o ritmo do filme, mas é o único porém. Se o cinema argentino for tão bom assim, o caminho é ver mais. Pra te dar mais um motivo pra assistir, ele ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2010.

Volte para a HOME

Para cima