Postagens Etiquetadas ‘Omar Sy’

Transformers: O Último Cavaleiro | Crítica | Transformers: The Last Knight, EUA, 2017

Assim como todas as sequências do primeiro filme, Transformers: O Último Cavaleiro reescreve, de novo, a história dos robôs gigantes na Terra.

Transformers: O Último Cavaleiro (Transformers: The Last Knight, 2017) Crítica

Elenco: Mark Wahlberg, Stanley Tucci, Isabela Moner, Josh Duhamel, Tyrese Gibson, John Turturro, Laura Haddock, Anthony Hopkins, Santiago Cabrera, Liam Garrigan, Jerrod Carmichael, Mitch Pileggi, Omar Sy, Erik Aadahl | Roteiro: Art Marcum, Matt Holloway, Ken Nolan | Argumento: Akiva Goldsman, Art Marcum, Matt Holloway, Ken Nolan | Direção: Michael Bay (13 Horas) | Duração: 149 minutos | 3D: Irrelevante

Se Michael Bay prefere fazer um filme igual ao outro, também é aceitável começar essa crítica como foi a anterior. Transformers: O Último Cavaleiro é mais um Michael Bay cheio de explosões, roteiros confusos e uma qualidade técnica impecável. E agora com a presença de um dragão robô de três cabeças. Mesmo que seja um contrassenso pedir coerência numa produção maluca onde robôs gigantes conseguem se diminuir em carros, já estava bem claro que a franquia precisava de um descanso desde a produção lançada em 2014. Provavelmente Bay achou que precisava contar tudo de uma vez por causa desse hiato de três anos, transformando seu filme num passeio de montanha russa sem fim. Leia mais

Inferno | Crítica | Inferno, 2016, EUA

Inferno (2016) Crítica

Elenco: Tom Hanks, Felicity Jones, Omar Sy, Ben Foster, Sidse Babett Knudsen, Irrfan Khan | Roteiro: David Koepp (Missão: Impossível) | Baseado em: Inferno (Dan Brown) | Direção: Ron Howard (No Coração do Mar)

Inferno é a mais fraca aventura de Robert Langdon, repetitiva e nada diferente as aventuras anteriores.

3/10 - "tem um Tigre no cinema"Ao longo de nossas carreiras, buscamos algum tipo de evolução, principalmente se for em algo que gostamos. Não precisamos necessariamente chegar a cargos de chefia, mas fazer a mesma coisa, uma vez atrás da outra deve ser frustrante para a maioria. Mas não para Dan Brown, que inspirou Inferno, adaptação do livro de mesmo nome. É a aventura mais óbvia da trilogia, tem a mesma estrutura, os mesmo pontos de virada, as mesmas surpresas, o mesmo tudo das aventuras anteriores. Destacando-se apenas no quesito visual das visões apocalípticas, o título evoca a sensação do espectador na cadeira do cinema numa experiência que parece interminável.

Leia mais

Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros | Crítica | Jurassic World, 2015, EUA

Jurassic World, 2015

Com Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Vincent D’Onofrio, Ty Simpkins, Nick Robinson, Omar Sy, B. D. Wong e Irrfan Khan. Roteirizado por Rick Jaffa & Amanda Silver (Planeta dos Macacos: O Confronto) e Derek Connolly & Colin Trevorrow. Dirigido por Colin Trevorrow.

7/10 - "tem um Tigre no cinema"A geração que cresceu nos anos 1990 vive hoje uma nostalgia interessante. Alguns dos nossos ícones cinematográficos são de lá, sendo o Tiranossauro Rex gritando ao fim de Jurassic Park (1993) um deles. Agora, todos crescidos, podemos voltar àquela experiência, e apresentar o parque aos que não conhecem. Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros também tem traços nostálgicos, seja por paralelos com o filme original no andamento em si da trama, ou por ouvirmos temas que remetem à música de John Williams. A produção tem problemas de ritmo, principalmente no começo, e peca profundamente por não desenvolver a grande maioria dos personagens humanos – um problema causado pelo roteiro escrito e reescrito por quatro pessoas – enquanto os dinossauros e outros répteis pré-históricos continuam no seu papel de protagonistas.

 

Sinopse oficial

“O parque está aberto! Dirigido por Colin Trevorrow e com produção executiva de Steven Spielberg – que retorna à produção 20 anos depois do primeiro filmeJurassic World – O Mundo dos Dinossauros estreia nos cinemas brasileiros em 11 de junho. A produção traz novidades, como o primeiro dinossauro geneticamente modificado em laboratório: a Indominus Rex. A grande predadora é um animal híbrido que se mostra altamente inteligente, surpreendendo toda a equipe do parque dos dinossauros. A aventura épica é baseada nos personagens criados por Michael Crichton e tem roteiro assinado por Rick Jaffa & Amanda Silver, além de Trevorrow e Derek Connolly.”

Leia mais

Intocáveis (Intouchables, 2011, França) [Crítica]

Com François Cluzet, Omar Sy, Audrey Fleurot, Clotilde Mollet, Alba Gaïa Kraghede Bellugi, Cyril Mendy e Anne Le Ny. Roteirizado e dirigido por Olivier Nakache e Éric Toledano.

É interessante que o nome “Intocáveis” tenha um efeito totalmente oposto na audiência. Quero dizer, é impossível não ficarmos tocados pela história intimista, cheia de esperança e engraçada envolvendo um tetraplégico e seu nada convencional cuidador. Baseado (levemente, como podemos ver nos créditos finais) em uma história real, a dupla de roteiristas/diretores nos trazem um filme que não faz mal a ninguém e que, apesar de começar por causa de dramas pessoais, não se deixa levar por isso. Ao contrário, nos faz rir. E muito.

Leia mais

Para cima