Postagens Etiquetadas ‘HQs’

O Melhor Filme de Herois das HQs | TigreCast #105 | Podcast


O Melhor Filme de Herois das HQs | Podcast

Sendo referência de porcaria nenhuma, hoje vamos descontrair e colocar todo mundo pra brigar! Nesse podcast Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Cliff, Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Des (@matheusdes) convidaram Doug Lira (do Pauta Livre News e Pelada na Net) para descobrir qual é o O Melhor Filme de Herois das Histórias em Quadrinhos!

Dê o play aí para dar umas merecidas risadas 🙂

Leia mais

Reproduzir

Comic Con Experience 2014 | Foi Épico! #Especial

CCXP 2014 | Foi Épico!

Fui convidado pelo pessoal da feira para conhecer a segunda das Comic Con Experience 2014 que aconteceu em São Paulo, e saí muito satisfeito. Filas – muitas filas – cosplays, action figures, artistas autografando quadrinhos, Jason Momoa, Sean Astin dando a graça. Assim como os painéis da Fox, Paramount, Warner e Netflix que fizeram o povo vibrar a cada trailer e material exclusivo mostrado. Problemas? Sim, mas levem em conta que esse é o primeiro evento dos caras.

E você saiu satisfeito? Teve alguma bronca? Perdeu a Comic Con Experience 2014? Ou quer ver os melhores momentos? Então, é hora de dar play no vídeo. E Comic Con Experience… nos vemos em 2015!

Leia mais

Sin City: A Dama Fatal | Crítica | Sin City: A Dame to Kill For, 2014, EUA

Sin City: A Dame to Kill For, 2014

Com Mickey Rourke, Jessica Alba, Josh Brolin, Joseph Gordon-Levitt, Rosario Dawson, Eva Green, Powers Boothe, Dennis Haysbert, Ray Liotta, Jaime King, Christopher Lloyd, Christopher Meloni, Juno Temple, Bruce Willis e Lady Gaga. Roteirizado por Frank Miller, baseado na própria obra. Dirigido por Frank Miller e Robert Rodriguez.

5/10 - "tem um Tigre no cinema"Desde os quadrinhos que admiro a coragem de Frank Miller em Sin City. E quando a adaptação passou para as telas no filme de 2005, aquela violência que fazia parte do universo torpe da cidade de Basin se manteve, reafirmando a coragem do autor ao manter o ar original de sua obra, mesmo que isso comercialmente fosse perigoso, pois a censura seria alta. Nove anos se passaram, e em Sin City – A Dama Fatal a proposta se manteve. Não é tão marcante quanto à produção anterior, mas esse neo-noir melhorou em estética e nos efeitos especiais e trouxe de volta personagens marcantes.

Leia mais

Para cima