Postagens Etiquetadas ‘Guillermo del Toro’

A Colina Escarlate | Crítica | Crimson Peak, 2015, EUA

Crimson Peak, 2015

Com Mia Wasikowska, Jessica Chastain, Tom Hiddleston, Jim Beaver, Charlie Hunnam. Roteirizado por Guillermo del Toro e Matthew Robbins. Dirigido por Guillermo del Toro (Círculo de Fogo).

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Num mundo justo, Guillermo del Toro poderia fazer todos os projetos que abraça. A Colina Escarlate mostra um diretor maduro e versátil. Homenageando o terror, o mexicano trouxe um dos melhores filmes do gênero dos últimos anos, conseguindo misturar sustos eficazes e tensão numa história que não é sobre fantasmas e sim com fantasmas. Ainda que o espectador não leve muito tempo para entender o que está acontecendo, o diretor ainda consegue nos dar algumas surpresas. Nesse filme tão simbolicamente sangrento, o espectador encontrará medo, sentirá calafrios e participará de uma aventura. Apesar de parecer elementos demais, del Toro tem competência para equilibrá-los e assim contar uma interessante história, ainda que tenha alguns clichês do gênero.

Leia mais

O Labirinto do Fauno | TigreCast #108 | Podcast


O Labirinto do Fauno | Podcast #108

¿Por qué habría de mentiros un pobre fauno como yo?

Falando de outro diretor mexicano. Outro filme de 2006. Viajamos para a Espanha para fugir um pouco de Hollywood para discutir o fascinante O Labirinto do Fauno (El Laberinto del Fauno) dirigido por Guillermo del Toro.

Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Cliff, Matheus Des (@matheusdes) e Juliana Varella discutem a carreira do diretor e dos atores e atrizes do filme, porque vemos comercialmente poucas produções mexicanas e ibéricas, os paralelos entre ficção e realidade fílmica e o que é ou não verdadeiro nessa produção que tem como pando de fundo a ditadura de Franco e o período pós-Guerra Civil Espanhola.

Leia mais

Reproduzir

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos | Crítica | The Hobbit: The Battle of the Five Armies, 2014, EUA

The Hobbit: The Battle of the Five Armies, 2014

Com Martin Freeman, Ian Mckellen, Richard Armitage, Evangeline Lilly, Lee Pace, Luke Evans, Benedict Cumberbatch, Ken Stott, James Nesbitt, Cate Blanchett, Ian Holm, Christopher Lee, Hugo Weaving, Orlando Bloom, Manu Bennett, Mikael Persbrandt, Ryan Gage, Lawrence Makoare, Stephen Fry e Sylvester McCoy. Roteirizado por Fran Walsh, Philippa Boyens, Peter Jackson e Guillermo del Toro. Baseado nas obras de JRR Tolkien. Dirigido por Peter Jackson.

6/10 - "tem um Tigre no cinema"A principal preocupação vinda do filme anterior se confirmou, e o que temos em O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos é uma produção mediana, estendida ao extremo e que se salva por ser um trabalho baseado em Tolkien. A megalomania de Peter Jackson não destruiu a experiência – afinal, ter visitado de novo a Terra Média é satisfatório – mas é visível a falta de dinâmica do diretor que fecha a nova trilogia com bem menos brilho do que o trabalho impecável que foi a trilogia anteriormente dirigida por ele.

Leia mais

O Hobbit: A Desolação de Smaug | Crítica | The Hobbit: The Desolation of Smaug, 2013, EUA

hobbit2-a_desolacao_de_smaug

Com Ian McKellen, Martin Freeman, Richard Armitage, Benedict Cumberbatch, Evangeline Lilly, Lee Pace, Luke Evans, Ken Stott, James Nesbitt e Orlando Bloom. Roteirizado por Peter Jackson, Fran Walsh, Philippa Boyens e Guillermo del Toro, baseado na obra JRR Tolkien. Dirigido por Peter Jackson.

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Quando saí da sessão de “O Hobbit: Uma Aventura Inesperada” (The Hobbit: An Unexpected Journey, 2012) disse não haver problemas de ritmo. É justo dizer que isso se mantém na segunda parte da trilogia. Ainda assim, é um filme muito longo. Jackson – que continuo tendo fé – ainda se apresenta como um megalomaníaco que não quer que nada saia na sala de edição. Superando ligeiramente o primeiro filme, a produção se sustenta no carisma dos personagens, em ser baseado num maravilhoso trabalho de Tolkien e na ação que dessa vez não demora a acontecer, por mais que poderiam ser cortados pelo menos vinte minutos de projeção em favor do dinamismo.

Leia mais

Círculo de Fogo (Pacific Rim, 2013, EUA) [Crítica]

"Pacific Rim", 2013

Com Charlie Hunnam, Idris Elba, Rinko Kikuchi, Charlie Day, Robert Kazinsky, Max Martini e Ron Perlman. Argumento de Travis Beacham. Roteirizado por Travis Beacham e Guillermo del Toro (Hellboy).

7/10 - "tem um Tigre no cinema"É essencial entender que, antes de tudo, “Círculo de Fogo” é uma homenagem de Guillermo del Toro ao gênero de monstros gigantes japoneses – como Godzilla, Gamera e Mothra. O termo kaiju usado no filme é o mesmo que representa o gênero de seres gigantescos e fantásticos que vem da Ásia. Depois, é um filme de ação extremamente empolgante, com lutas entre seres gigantes destruindo meia cidade pelo caminho. É uma catarse tão grande que fica fácil se perder. Apesar disso, falta profundidade e drama. Tanto que nem parece um filme com roteiro digno de del Toro.

Leia mais

“Círculo de Fogo” – Assista a dois vídeos do novo filme de Guillermo del Toro em HD! [#NEWS]

No primeiro vídeo, “Within” o Marechal Stacker Pentecost (Idris Elba), lidera os pilotos dos Jaegers e os envolvidos no projeto contra o apocalipse.

E em “Drift Space”, os atores e o diretor Guillermo del Toro explicam como os pilotos interagem entre si e com o robô gigante Jaeger, através da neuro-conexão.

Círculo de Fogo (Pacific Rim), novo filme do diretor de “Labirinto do Fauno” estreia no Brasil em 9 de agosto!

“Círculo de Fogo” tem poster brasileiro divulgado! [NEWS]

"Círculo de Fogo" - poster nacional

Behold! Círculo de Fogo (Pacific Rim), do nosso querido diretor Guillermo del Toro, teve o poster em português divulgado hoje pela Warner Bros Pictures. Como eu não vi o trailer, eu não sei do que se trata, mas a arte já entrega o design do mecha Jaeger. Clique na imagem para ver em maior resolução.

Círculo de Fogo (Pacific Rim) tem roteiro de Travis Beacham (“Fúria de Titãs”) e é estrelado por Charlie Hunnam (“Sons of Anarchy”), Idris Elba (“Thor”), Rinko Kikuchi (“Vigaristas”), Charlie Day (“Quero Matar meu Chefe”) e Ron Perlman (“Hellboy”) e tem previsão de estreia no Brasil em 9 de agosto de 2013!

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (The Hobbit: An Unexpected Journey, 2012, EUA) [Crítica]

"The Hobbit: An Unexpected Journey", 2012

Com Ian McKellen, Martin Freeman, Richard Armitage, Andy Serkis, Hugo Weaving, Christopher Lee, Elijah Wood, Ian Holm e Cate Blanchett. Roteirizado por  Peter Jackson, Fran Walsh, Philippa Boyens, e Guillermo del Toro, baseado na obra de JRR Tolkien. Dirigido por Peter Jackson.

8/10 - "tem um Tigre no cinema"“O Hobbit ” foi uma produção cercada de alguns questionamentos, sendo um deles a tecnologia de 48 quadros por segundo e a decisão do diretor de dividir um livro de pouco mais de 300 páginas em três filmes. Não posso opinar ainda sobre a tecnologia nova, mas o que vi na tela me agradou muito. A primeira parte da nova trilogia, “Uma Jornada Inesperada” nos leva de novo à Terra Média num passeio que não dá espaço para receios e medos. Existem alguns erros que levam o filme à ficar longe da nota máxima, mas os acertos são suficientes para dizermos mais uma vez que “in Jackson we trust”.

Leia mais

Para cima