Postagens Etiquetadas ‘Gal Gadot’

Mulher-Maravilha | Crítica | Wonder Woman, 2017, EUA

Provando seu valor como protagonista Mulher-Maravilha é entretenimento mas também é uma história de causar inveja em muitos filmes chamados sérios.

Elenco: Gal Gadot, Chris Pine, Robin Wright, Danny Huston, David Thewlis, Connie Nielsen, Elena Anaya | Roteiro: Allan Heinberg | Direção: Patty Jenkins (Monster: Desejo Assassino) | Duração: 141 minutos | 3D: Relevante

Quem cresceu lendo todo o panteão da DC Comics tem todo o motivo para sair feliz da sessão de Mulher-Maravilha. E quem apenas acompanhou os filmes, em todas as encarnações anteriores do resto da Trindade, também. Esse não é um filme apenas importante para fãs; também, sem exageros, é para a história do cinema. Ter uma personagem tão popular e tão bem construída é uma inspiração para tantas garotas e mulheres que se encontram pouco representadas nessa indústria. Por trás da cenas de ação, bate um coração com um mensagem importante e que não deve ser ignorada, trazida através de uma personagem popular para que seja recebida mais facilmente.

Leia mais

Mente Criminosa | Crítica | Criminal, 2016, EUA

Mente Criminosa poderia até ser um filme de super-heróis por causa do elenco, mas ganha status por enveredar para o drama policial.

Mente Criminosa (2016)

Com Kevin Costner, Gary Oldman, Tommy Lee Jones, Alice Eve, Gal Gadot, Michael Pitt, Jordi Mollà, Antje Traue, Scott Adkins, Amaury Nolasco e Ryan Reynolds. Roteirizado por Douglas Cook, David Weisberg. Dirigido por Ariel Vromen.

6/10 - "tem um Tigre no cinema"Uma piada feita por mim para uma amiga, mas que fatalmente passou pela cabeça de meio mundo, é que iríamos ver o crossover do Deadpool, Mulher-Maravilha, Comissário Gordon, Duas Caras e do pai do Superman. Isso diz muito sobre como há filmes do gênero de super-heróis no cinema. E Mente Criminosa, de certa maneira, é um filme genérico desse estilo, com direito até ao vilão megalomaníaco que quer destruir o mundo. Misturando gêneros – policial, ação, drama e romance – a produção agrada mais do que decepciona, principalmente quando foca no pelo menos aparente tema, onde as explosões tomam conta da tela. E com direito a algumas surpresas que confirmam que vale a pena saber pouco de uma produção antes de entrar na sala.

Leia mais

Batman vs Superman: A Origem da Justiça | Crítica | Batman v Superman: Dawn of Justice (2016) EUA

Com várias inconsistências e falta de equilíbrio, Batman vs Superman: A Origem da Justiça se salva por ser um diamante em estado bruto, precisando de lapidação.

Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016)

Com Henry Cavill, Ben Affleck, Amy Adams, Jesse Eisenberg, Diane Lane, Laurence Fishburne, Jeremy Irons, Holly Hunter, Gal Gadot. Roteirizado por Chris Terrio, David S. Goyer. Dirigido por Zack Snyder.

7,5 - "tem um Tigre no cinema"Para entender melhor essa produção, digamos que Batman vs Superman: A Origem da Justiça é um diamante bruto: valioso, mas que merecia ser melhor lapidado. Ao mesmo tempo, é um evento que merceia todos os holofotes simplesmente por ter aquilo que os fãs conhecem como “A Trintade” na tela. E isso é enorme e, sem exageros, épico. Porém, é necessário analisar o que os responsáveis dos filmes quiseram nos mostrar entre histórias e signos, deixando de lado a memória afetiva e a expectativa, nos posicionando entre acertos e erros na aventura do Morcego de Gotham e o Semi-Deus de Metrópolis.

Leia mais

Para cima