Postagens Etiquetadas ‘Franquia X’

Logan | Crítica | Logan, 2017, EUA

Mais que um filme de ação, Logan é o fruto do amadurecimento do gênero de super-heróis dos quadrinhos.

Logan (2017)

Elenco: Hugh Jackman, Patrick Stewart, Richard E. Grant, Boyd Holbrook, Stephen Merchant, Dafne Keen | Argumento: James Mangold | Roteiro: Scott Frank, James Mangold, Michael Green | Basedo em: Wolverine (Roy Thomas, Len Wein, John Romita, Sr.) | Direção: James Mangold (Wolverine: Imortal) | Duração: 135 minutos

Nota 10 - um Tigre no cinemaLogan não é como sua fonte original, Velho Logan (Old Man Logan): é uma construção de um personagem que cresceu e amadureceu ao longo de dezessete anos. É um filme cheio de ação, dor e tristeza, mas também com uma sensação de satisfação, algo que está no cerne de um ator cuja história se mescla com o personagem. Se por um lado existem obras inspiradas em quadrinhos que vivem pela diversão – o que não é certo ou errado – a última aparição de Wolverine com essa cara que estamos acostumados é a chegada à vida adulta do gênero que o próprio protagonista ajudou a revitalizar em 2000.

Leia mais

X-Men: Primeira Classe | TigreCast #134 | Podcast


"Mutant and Proud!" - Raven/Mística

Mutant and Proud!” – Raven/Mística

Pelo menos por um bom tempo, não tem como escaparmos deles: os filmes de super-heroi se tornou um gênero e na onda do lançamento do mais novo filme da franquia X, viajamos para 2011 e X-Men: Primeira Classe (X-Men: First Class), dirigido por Matthew Vaughn, contando no elenco com James McAvoy, Michael Fassbender, Kevin Bacon, Rose Byrne, Jennifer Lawrence e Nicholas Hoult.

Tiago Lira (@otigre1982) e Matheus Des (@matheusdes) comentam a filmografia de 2011, carreira dos atores e atrizes desse filme que resultou numa nova geração para os alunos do Professor Xavier sem faltar com respeito ao original.

Leia mais

Reproduzir

X-Men: Apocalipse | Crítica | X-Men: Apocalypse (2016) EUA

X-Men: Apocalipse (2016)

Com James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Oscar Isaac, Nicholas Hoult, Rose Byrne, Tye Sheridan, Sophie Turner, Olivia Munn, Lucas Till, Ben Hardy e Amanda Shipp. Argumento de Simon Kinberg. Roteirizado por Bryan Singer, Michael Dougherty, Dan Harris e Simon Kinberg. Baseado nos Quadrinhos da Marvel Comics. Dirigido por Bryan Singer (Jack: O Caçador de Gigantes).

Em X-Men: Apocalipse não apenas os mutantes estão de volta. Todos os clichês vieram juntos.

4/10 - "tem um Tigre no cinema"Há uma piada dentro de X-Men: Apocalipse que remete à encarnação anterior da franquia que, por ironia ou mea culpa, funciona para o terceiro filme da nova era. Chega a ser decepcionante perceber que o argumento do filme é interessante, mas tão mal executado. Mesmo se tratando de um universo vindo dos quadrinhos, são muitos clichês e repetições vindas do próprio universo, mostrando uma falta de esforço no desenvolvimento. Pior que ser uma colagem de outras produções parecidas, essa se perde numa autofagia que serve apenas para alimentar o ego dos produtores, como se dissessem que o que fizeram antes é tão importante que basta por si só.

Leia mais

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido | TigreCast #47 | Podcast

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido | Podcast | TigreCast

Hoje vai ter Copa e vai ter Podcast!

 

Bem-vindos à edição 47 do TigreCast, o podcast de cinema do tem um Tigre no cinema! Hoje não aconteceu a transmissão pelo Portal São Paulo Digital, mas você pode conferir aqui. E você pode ouvir as edições anteriores em http://umtigrenocinema.com/tigrecast

Passou a estreia, o filme é a 5ª maior abertura do mercado dos Estados Unidos, e esperamos um pouco para falar sobre os nossos mutantes preferidos nesse que é, talvez, o melhor filme da franquia X.

Tiago, o Tigre (@otigre1982), Juliana Varella (Blogueiras SA), José Rodrigo Baldin (Central 42) e Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli), destrincham por uma hora X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (X-Men: Days of a Future Past, 2014, Dir Bryan Singer). E se você não entendeu a cena extra do filme, essa é a sua oportunidade.

E torçam por nós: nosso programa volta a ser semanal!

Dê o play aqui embaixo, ó:

Ou clique AQUI com o botão direito do mouse e escolha “Salvar destino/link como…”

[papo cinéfilo]
• As várias adaptações dos clássicos contos infantis atuais

[momento musical]
Time in a Bottle (Jim Croce), do filme X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

[podcasts relacionados]
O Espetacular Homem-Aranha 2 | TigreCast 45
A Trilogia Homem de Ferro | TigreCast 25

[Críticas relacionadas]
X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email: contato@umtigrenocinema.com
• twitter: @tigrenocinema
• facebook: http://www.facebook.com/umtigrenocinema
iTunes: assine aqui
• FEED: assine aqui

Reproduzir

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido | Crítica | X-Men: Days of Future Past, 2014, EUA

X-Men: Days of Future Past, 2014

Com Hugh Jackman, James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Halle Berry, Anna Paquin, Ellen Page, Nicholas Hoult, Peter Dinklage, Ian McKellen e Patrick Stewart. Argumento de Simon Kinberg, Matthew Vaughn e Jane Goldman. Roteirizado por Simon Kinberg, baseado na história de Chris Claremont e John Byrne. Dirigido por Bryan Singer (Jack – O Caçador de Gigantes).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"O maior problema de uma franquia – e principalmente uma da Marvel que tem tanta histórias pregressas e tantos fãs para agradar – é a repetição: temas, atores, protagonistas, antagonistas até mesmo vilões. Percebendo isso, Kinberg e um renovado Singer apresentam um filme de ação empolgante, misturando temas de ficção científica/viagem no tempo e abrem um leque de vastas possibilidades. X-Men: Dias de um Futuro Esquecido é um filme para se ver mais de uma vez, e é a melhor adaptação do universo X nos cinemas. Leia mais

Wolverine – Imortal (The Wolverine, 2013, EUA) [Crítica]

"The Wolverine", 2013

Com Hugh Jackman, Haruhiko Yamanouchi, Tao Okamoto, Rila Fukushima, Hiroyuki Sanada, Will Yun Lee, Svetlana Khodchenkova e Famke Janssen. Roteirizado por Christopher McQuarrie (Jack Reacher – O Último Tiro), Mark Bomback (O Vingador do Futuro) e Scott Frank (Minority Report). Dirigido por James Mangold (Garota, Interrompida).

7,5 - "tem um Tigre no cinema"O bom senso imperou no retorno de um dos mutantes favoritos ao cinema. Ignorando o péssimo “X-Men Origens: Wolverine” (X-Men Origins: Wolverine, 2009), o diretor James Mangold trouxe às telas um personagem com suas características clássicas. Vemos um Wolverine violento, o que se reflete no filme a dose necessária de sangue que o anterior deixou de lado. O roteiro tem pequenos defeitos mas é, na maioria dos momentos coeso, sombrio e com doses comedidas de comédia. A direção segura e a ação faz a produção se destacar entre os filmes mais recentes da Marvel Comics.

Leia mais

Para cima