Postagens Etiquetadas ‘Filmes de 2013’

O Som ao Redor | TigreCast #139 | Podcast

Podcast sobre o nacional O Som ao Redor, filme de Kleber Mendonça Filho. Ouve aí!

O Som ao Redor | TigreCast #139

Passeando entre o drama e o suspense, e porque não dizer um pouco de comédia, um diretor pouco conhecido mostrou com irreverência o nossos suburbanos. Vamos voltar para 2013 para falar de um dos melhores filmes do nosso cinema: O Som ao Redor.

Aqui é Tiago Lira (@otigre1982), Matheus Des (@matheusdes) e Thiago Damasceno. E bem-vindos de novo ao TigreCast!

Leia mais

Reproduzir

Expresso do Amanhã | Crítica | Snowpiercer, 2013, Coreia do Sul

Expresso do Amanhã, baseado na HQ “O Perfura Neve” (Transperceneige), tem ótimas atuações e é uma crítica social ainda atual, infelizmente.

Snowpiercer, 2013

Com Chris Evans, Song Kang-ho, Tilda Swinton, Jamie Bell, Octavia Spencer, Ewen Bremner, Go Ah-sung, John Hurt, Ed Harris. Roteirizado por Bong Joon-ho e Kelly Masterson, baseado nos quadrinhos de Jacques Lob e Jean-Marc Rochette. Dirigido por Bong Joon-ho (O Hospedeiro).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"Ignore o fato de Expresso do Amanhã estar a dois cliques de distância de você. A distribuidora brasileira perdeu timming e perdeu para a pirataria, mas finalmente poderemos ver o filme como ele merece. A fotografia cinza e gélida foi feita para ser vista numa sala escura, e a história é envolvente e emocionante. E, assim como na fotografia, mesmo os heróis têm tons de cinza, perdidos nos próprios pecados, tanto quanto os seus antagonistas. É uma ficção científica atual – ainda que com ecos de outras produções – instigante, incrivelmente bem escrita e dirigida, e que competentemente apresenta uma discussão, a grande tarefa do gênero.

Leia mais

12 Anos de Escravidão | TigreCast #78 | Podcast

"I am Solomon Northup. I am a free man" - Solomon

I am Solomon Northup. I am a free man” – Solomon

Na parte final do nosso especial do Oscar, Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Des (@matheusdes) finalmente falam do vencedor do Oscar em 2014: 12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave), dirigido por Steve McQueen com Chiwetel Ejiofor, Michael Fassbender, Benedict Cumberbatch, Paul Dano, Paul Giamatti, Lupita Nyong’o e Brad Pitt.

Lembramos dos outros concorrentes daquele ano, do time que fez o filme ser o vencedor do Oscar, escravidão, e detalhes desse belo filme que foi bom ter existido, ao mesmo tempo que é triste que ele precisou ser feito.

E desculpem o atraso. Mas, estamos de volta pra valer!

Leia mais

Reproduzir

A Grande Beleza | TigreCast #77 | Podcast

No podcast de hoje falamos do vencedor do Oscar 2014 na categoria Filme Estrangeiro: o belo é poético A Grande Beleza, de Paolo Sorrentino. Ouve aí!

A Grande Beleza | TigreCast 77

Non posso più perdere tempo a fare cose che non mi va di fare” – Gep

 

Continuando a contagem regressiva para o Oscar 2015, e estamos na terceira parte de quatro. Hoje Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Des (@matheusdes) discutem A Grande Beleza (La Grande Bellezza), filme dirigido por Paolo Sorrentino e vencedor do Oscar 2014 na categoria Filme Estrangeiro.

Falamos sobre a qualidade dos outros filmes indicados ao prêmio naquele ano, sobre o tema não tão claro do vencedor, se existe um jornada ou se vamos apenas acompanhando o nosso herói, o que é arte, morte e decadência, a busca pela grande beleza, as respostas da vida e sobre spoilers que, na verdade, não o são.

E o atraso desse podcast é um oferecimento da Live Tim, com mais de 50 horas sem sinal e sem previsão de envio de um técnico.

Dê o play aqui embaixo, ó:

Leia mais

Reproduzir

Frozen: Uma Aventura Congelante | TigreCast #76 | Podcast

Especial Oscar | Podcast sobre a animação da Disney Frozen: Uma Aventura Congelante, vencedor do Oscar de Melhor Animação em 2014

Frozen | TigreCast 76

“Do you want to build a snowman?”

Continuamos no clima do Oscar, e dessa vez em um bem gelado (porque estamos precisando).

Na segunda parte do especial de contagem regressiva para o Oscar 2015, Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Juliana Varella e o estreante Lucas Giordano discutem o último vencedor da categoria Melhor Animação. Frozen: Uma Aventura Congelante!

Falamos das personagens que pavimentaram o caminho para Elza e Anna, da experiência Disney e da já manjada – mas necessária – quebra de paradigma.

Dê o play aqui embaixo, ó:

Leia mais

Reproduzir

A Vida Secreta de Walter Mitty | Crítica | The Secret Life of Walter Mitty, 2013, EUA

A Vida Secreta de Walter Mitty é uma daquelas pequenas joias que ocuparam um lugar especial no seu coração.

A Vida Secreta de Walter Mitty

Com Ben Stiller, Kristen Wiig, Shirley MacLaine, Adam Scott, Kathryn Hahn e Sean Penn. Roteirizado por Steve Conrad (A Busca pela Felicidade), baseado na obra de James Thurber. Dirigido por Ben Stiller.

10/10 - "tem um Tigre no cinema"A vida precisa de substância. De vez em quando, a encontramos em lugares como nesta película que marca uma evolução de Ben Stiller na direção e atuação. Recheado de momentos mágicos e gostosos – melhor definição não há para essa produção – “A Vida Secreta de Walter Mitty” traz sonhos, aventura, comédia e é um pequeno retrato da busca pela felicidade e alegria de viver a vida. Por mais que esses títulos pertençam também à outras produções, eles não são problemas neste filme que ocupará um lugar especial no coração dos sonhadores.

Leia mais

Ender’s Game: O Jogo do Exterminador | Crítica | Ender’s Game, 2013, EUA

Ender’s Game: O Jogo do Exterminador mistura bons momentos de aventura, ótimos efeitos especiais e várias críticas ao sistema vigente.

Ender's

Com Harrison Ford, Asa Butterfield, Hailee Steinfeld, Viola Davis, Abigail Breslin e Ben Kingsley. Roteirizado por Gavin Hood, baseado na obra de Orson Scott Card. Dirigido por Gavin Hood (X-Men Origens: Wolverine).

9/10 - "tem um Tigre no cinema"“Jogos de Guerra”: simulações militares que preparam soldados para ações de combate na vida real. Como o nome diz, é um faz-de-conta, um treinamento. Num mundo dominado por adultos, usar crianças em simulações de guerra parece perversão e o ápice da covardia. Esse é o jogo delas: se adaptar ao mundo que os fez acreditarem que meninos e meninas sejam a solução para algo que os mais velhos não viram. A aventura de cunho militar, e de várias críticas ao sistema, vem também com bons momentos de aventura e ótimos efeitos especiais. Existe alguma coisa de errado, mas não se sabe exatamente o que. É essa pergunta que faz com que “Ender’s Game: o Jogo do Exterminador” seja cativante ao mesmo tempo em que é lento para os padrões de filme de ação. Contraditório, como as razões da guerra.

Leia mais

O Hobbit: A Desolação de Smaug | Crítica | The Hobbit: The Desolation of Smaug, 2013, EUA

hobbit2-a_desolacao_de_smaug

Com Ian McKellen, Martin Freeman, Richard Armitage, Benedict Cumberbatch, Evangeline Lilly, Lee Pace, Luke Evans, Ken Stott, James Nesbitt e Orlando Bloom. Roteirizado por Peter Jackson, Fran Walsh, Philippa Boyens e Guillermo del Toro, baseado na obra JRR Tolkien. Dirigido por Peter Jackson.

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Quando saí da sessão de “O Hobbit: Uma Aventura Inesperada” (The Hobbit: An Unexpected Journey, 2012) disse não haver problemas de ritmo. É justo dizer que isso se mantém na segunda parte da trilogia. Ainda assim, é um filme muito longo. Jackson – que continuo tendo fé – ainda se apresenta como um megalomaníaco que não quer que nada saia na sala de edição. Superando ligeiramente o primeiro filme, a produção se sustenta no carisma dos personagens, em ser baseado num maravilhoso trabalho de Tolkien e na ação que dessa vez não demora a acontecer, por mais que poderiam ser cortados pelo menos vinte minutos de projeção em favor do dinamismo.

Leia mais

Jackass Apresenta: Vovô sem Vergonha | Crítica | Jackass Presents: Bad Grandpa, 2013, EUA

Jackass Presents: Bad Grandpa, 2013

Com Johnny Knoxville e Jackson Nicoll. Argumento de Fax Bahr, Spike Jonze, Johnny Knoxville, Adam Small e Jeff Tremaine. Roteiro de Jeff Tremaine e Johnny Knoxville. Dirigido por Jeff Tremaine (Jackass: O Filme).

5,5/10 - "tem um Tigre no cinema"A série Jackass tinha sua graça, com performances que beiravam o suicídio, e pegadinhas das mais dolorosas às mais grotescas. Era entretenimento para adolescentes e teve seus méritos por isso. Porém isso já tem mais de dez anos. Fica claro que a empreitada cinematográfica tem muitos defeitos como filme, já que o modelo narrativo usado é cheio de falhas. Mas rende algumas risadas. Não é a comédia que fará você rir desesperadamente, a não ser que te agrade ver um senhor de idade com as partes íntimas presas numa máquina de refrigerantes.

Leia mais

Sobrenatural: Capítulo 2 | Crítica | Insidious: Chapter 2, 2013, EUA-Canadá

Sobrenatural: Capítulo 2 é um pequeno sopro com bons sustos num cenário onde o gênero é desrespeitado já há algum tempo.

Sobrenatural: Capítulo 2, 2013

Com Patrick Wilson, Rose Byrne, Ty Simpkins, Lin Shaye, Barbara Hershey, Steve Coulter, Leigh Whannell e Angus Sampson. Argumento de James Wan, Leigh Whannell. Roteirizado por Leigh Whannell. Dirigido por James Wan (Invocação do Mal).

8/10 - "tem um Tigre no cinema"Disse em ocasiões anteriores – inclusive num podcast sobre o assunto – que o terror tem sido mal tratado no cinema. Isso ainda é verdade, mas James Wan acertou duas vezes esse ano. “Sobrenatural: Capítulo 2” tem uma história melhor que seu antecessor, com sustos dignos e com momentos de tensão. O diretor tem bastante qualidade para evitar a velha técnica de jogar as coisas na cara do espectador, ou apelar para a trilha sonora exagerada. Não é um novo clássico. Mas nesse mar de decepção deve encontrar um lugar no coração dos fãs do gênero.

Leia mais

Jogos Vorazes: Em Chamas | Crítica | The Hunger Games: Catching Fire, 2013, EUA

Jogos-Vorazes_2_Em-Chamas-post

Com Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Lenny Kravitz, Philip Seymour Hoffman, Stanley Tucci e Donald Sutherland. Roteirizado por Simon Beaufoy (127 Horas) e Michael Arndt (Toy Story 3), baseado na obra de Suzanne Collins. Dirigido por Francis Lawrence (Constantine).

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Existe um amadurecimento em “Jogos Vorazes: Em Chamas” em relação ao anterior, assim como a passagem da vida adolescente – ainda que conturbada – para a mais adulta. Contando com uma história e personagens cativantes, o filme dirigido por Francis Lawrence é cheio de ritmo, e em nenhum momento das mais de 2 horas de projeção se torna maçante. Além de empolgante, transpassa problemas que acometem quem não é fã dos livros de Suzane Collins, funcionando sem a necessidade de buscar a obra original. E, no fim, é melhor que seu predecessor.

Leia mais

Tatuagem | Crítica | 2013, Brasil

Tatuagem-post

Com Irandhir Santos, Jesuíta Barbosa, Rodrigo García, Sílvio Restiffe, Sylvia Prado, Ariclenes Barroso. Roteirizado e dirigido por Hilton Lacerda.

7/10 - "tem um Tigre no cinema"Corajoso e contestador são bons elogios para “Tatuagem”. O mesmo pode-se dizer da direção de Hilton Lacerda, e de seus personagens nessa história de um relacionamento homossexual pouco explorado no cinema nacional. Porém, fica uma sensação de questionamento no ar, e não porque o diretor quis deixar a história em aberto: a pergunta é do que se trata o filme. Faltando um pouco mais de fio narrativo, é fato que quer se provar alguma coisa. O que funciona como uma tese, a discussão de uma ideia. Como cinema, é incompleto.

Leia mais

Uma Noite de Crime | Crítica | The Purge, 2013, EUA

Noite_de_Crime-post

Com Ethan Hawke, Lena Headey, Max Burkholder, Adelaide Kane, Edwin Hodge, e Rhys Wakefield. Roteirizado e Dirigido por James DeMonaco.

6/10 - "tem um Tigre no cinema"A sociedade distópica é um bom exercício de imaginação. Até onde a raça humana pode ir, levando à superfície o que tem de mais torpe pode funcionar como reflexão. “Uma Noite de Crime” faz o retrato da sociedade que foi tomada pelo medo por causa da violência, numa crítica à limpeza étnica, à guerra e à indústria de armas. Não é um trabalho fraco. Mas poderia ser um thriller mais denso, que se perde na conclusão ao sucumbir aos velhos clichês de sustos baratos e violência.

Leia mais

Thor: O Mundo Sombrio | Crítica | Thor: The Dark World, 2013, EUA

Thor: O Mundo Sombrio mistura ação, comédia e até um pouco de drama e é melhor que a aventura anterior do Deus do Trovão.

"Thor: The Dark World"Com Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tom Hiddleston, Anthony Hopkins, Christopher Eccleston, Idris Elba, Stellan Skarsgård e Rene Russo. Roteirizado por Christopher Markus & Stephen McFeely e Christopher Yost. Dirigido por Alan Taylor.

“Thor: O Mundo Sombrio” tem o mérito de misturar boas cenas de ação, comédia e até coloca um pé num drama – superficialmente apenas. Não é nada fantástico, mas é divertido, melhora todos os elementos do anterior e é o melhor filme Marvel/Disney desde a primeira aventura de Tony Stark.

Leia mais

O Conselheiro do Crime | Crítica | The Counselor, 2013, EUA-Reino Unido

Conselheiro_do_Crime-post

Com Michael Fassbender, Penélope Cruz, Cameron Diaz, Javier Bardem, Brad Pitt. Roteirizado por Cormac McCarthy (Onde os Fracos Não Tem Vez). Dirigido por Ridley Scott (Prometheus).

9,5/10 - "tem um Tigre no cinema"Existem filmes densos e que nos fazem refletir. E existem outros que são puramente um soco no estômago, como esse ótimo exemplo trazido por Ridley Scott e Cormac McCarthy, voltando ao violento mundo do crime que havia visitado em “Onde os Fracos Não tem Vez” (livro que os Coen basearam seu filme No country For Old Man, de 2007). É uma história pesada e tensa, que mostra cicatrizes que nunca curam, e como uma série de eventos, que pode vir da má sorte, atinge os inocentes.

Leia mais

Os Suspeitos | Crítica | Prisoners, 2013, EUA

Prisioners, 2013

Com Hugh Jackman, Jake Gyllenhaal, Viola Davis, Maria Bello, Terrence Howard, Melissa Leo e Paul Dano. Roteirizado por Aaron Guzikowski. Dirigido por Denis Villeneuve (Incêndios).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"É preciso que a nossa mente seja desafiada constantemente. “Os Suspeitos” é uma daquelas produções que amarram com excelência simplesmente tudo. Roteiro, direção, atuações, fotografia, música, montagem, nada escapou dos olhos de Denis Villeneuve na história que transforma todos em Prisioneiros – título que deveria ter sido mantido em português –, inclusive nós espectadores. Além de ser tenso e denso, o diretor entrega as pistas sutilmente, e mostra como um filme de suspense deve ser.

Leia mais

Kick-Ass 2 | Crítica | Kick-Ass 2, 2013, EUA-Reino Unido

KICK_ASS_2-POST

Com Aaron Taylor-Johnson, Christopher Mintz-Plasse, Chloë Grace Moretz e Jim Carrey. Roteirizado por Jeff Wadlow, baseado nos quadrinhos de Mark Millar e John Romita Jr. Dirigido por Jeff Wadlow (Cry Wolf).

7/10 - "tem um Tigre no cinema"Em 2010, o diretor Matthew Vaughn trouxe às telas uma história adaptada dos quadrinhos sobre um adolescente que se pergunta por que ninguém tinha tentado ser um super-herói de verdade. O filme do vigilante é de uma competência enorme, e muito disso vem do carisma da personagem feminina. Agora como produtor, Vaughn passa o cargo de diretor para Jeff Wadlow, que vem de uma série de filmes de gosto duvidoso.  E com “Kick-Ass 2” ele tem sua melhor chance, e que foi claramente supervisionado.  É muito cedo para dizer que o diretor teve uma evolução, porém por ter personagens carismáticos demais além da supervisão de Vaughn ajudam o resultado final da produção.

Leia mais

Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses | Crítica | Doragon Bōru Zetto: Kami to Kami, 2013, Japão

Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses foi feito para fãs, mas não é esse o problema da animação. Leia a crítica!

dragon-ball_z--batalha-post

Com Masako Nozawa, Ryō Horikawa, Toshio Furukawa e Mayumi Tanaka. Roteirizado por Yūsuke Watanabe. Dirigido por Masahiro Hosoda.

5/10 - "tem um Tigre no cinema"A Nostalgia – com N maiúsculo mesmo – define “Dragon Ball Z – A Batalha dos Deuses”, e é o que levará os fãs ao cinema. Além da acertada opção da distribuidora em trazer os dubladores originais. E ganhamos a experiência de ver lutas explosivas na tela grande do que só existia na televisão. Infelizmente, o longa carrega vícios da sua mídia original que podem passar despercebidas pela catarse dos aficionados pelas aventuras dos Sayajins, mas prejudicam o desenvolvimento da história.

Leia mais

Para cima