0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Pai em Dose em Dupla 2 tem os melhores momentos compartilhados no trailer; além disso, é difícil extrair alguma coisa.

Pai em Dose Dupla 2 | Crítica

Elenco: Will Ferrell, Mark Wahlberg, Linda Cardellini, John Cena, John Lithgow, Alessandra Ambrosio, Mel Gibson | Roteiro: Sean Anders, John Morris | Direção: Sean Anders | Duração: 100 minutos

Se fosse um adendo ao filme original, como um especial de quinze minutos para os extras, Pai em Dose Dupla 2 se sairia melhor no principal quesito da comédia que é fazer rir. E assim como não há nada de errado com o filme, a produção não tem nada de especial. Todas as piadas são baseadas em humor físico – ou seja, quando algo cai na cabeça dos personagens – algo que montadores de trailers se aproveitam para chamar a atenção do público. Portanto, é uma diversão muito inocente e que segue uma formula, o suficiente para deixar passando na TV enquanto as festas de fim de ano acontecem.

O mérito do filme está em mostrar como a criação muda tudo – que, de certa maneira, já era o mote do primeiro filme. Enquanto os encontros agora constantes entre Brad (Ferrell) e Dusty (Whalberg), que se dão bem agora em favor dos filhos, aparecem os avós para bagunçar a tranquilidade e expor o que ambos estão represando. Concordamos que não é nada criativo que Don (Lithgow) e Kurt (Gibson) sejam versões exacerbadas de seus filhos, mas são personagens que abrem espaço para entendermos as neuras de seus filhos.

Então as obviedades caem para a estupidez de Brad, principalmente. Todas as piadas que envolvem esse simpático personagem são do sofrimento físico dele. Apenas uma vez os dois roteiristas tentam fazer que a dor seja mais psicológica, quando Brad descobre um óbvio segredo que o pai esconde. E o resultado disso não é bem o que esperamos, além de atingir o alvo errado apenas para trazer para a narrativa outro pai que faltava naquela equação.

São poucos os especiais de Natal que fogem de uma fórmula: apresentação, conflito, reunião em torno da árvore para dizer como aquela é uma época de perdão, amor e união. Uma produção que não poderia ser mais genérica nesse ponto. Porém, é importante destacar que há uma tentativa de sair dos eixos com a sequência do presépio – a única piada boa que ficou fora do trailer. E funciona, mas é a velha história de uma exceção para confirmar a regra desse subgênero. Há diferenças entre um filme ser simples e simplório e essa produção não consegue romper a barreira do segundo.

É até difícil falar mais de um filme tão raso quanto Pai em Dose Dupla 2. O maior elogio que podemos dizer a esse filme bem família, sem conflitos, sem tapas e que tenta não ofender ninguém, muito menos desafiar, é que a produção não é irritante, apesar da duração ser um desafio.  Algumas risadas serão ouvidas na sala de cinema, dando uma leveza depois que saímos dela. Pedir profundidade de uma produção que não se propõe a isso não seria justo. Não é salvo-conduto, porém, para entregar algo saído como de uma linha industrial de produção, feito para se encaixar na audiência que procura o mais básico possível.

Pai em Dose Dupla 2 | Trailer

Pai em Dose Dupla 2 | Pôster

Pai em Dose Dupla 2 | Cartaz

Pai em Dose Dupla 2 | Galeria

Pai em Dose Dupla 2 | Imagens (1)

Créditos: Paramount Pictures (Divulgação)

Pai em Dose Dupla 2 | Imagens (2)

Créditos: Paramount Pictures (Divulgação)

Pai em Dose Dupla 2 | Imagens (3)

Créditos: Paramount Pictures (Divulgação)

Pai em Dose Dupla 2 | Imagens (4)

Créditos: Paramount Pictures (Divulgação)

Pai em Dose Dupla 2 | Imagens (5)

Créditos: Paramount Pictures (Divulgação)

Pai em Dose Dupla 2 | Imagens (6)

Créditos: Paramount Pictures (Divulgação)

Pai em Dose Dupla 2 | Imagens (7)

Créditos: Paramount Pictures (Divulgação)

Pai em Dose Dupla 2 | Imagens (8)

Créditos: Paramount Pictures (Divulgação)

Pai em Dose Dupla 2 | Sinopse

É natal e a agora estendida família de Brad e Sarah tem além dos filhos a presença constante de Dusty. Agora que todos os estão bem engrenados, Don e Kurt, pais de Brad e Dusty aparecem para complicar mais ainda essa família pouco convencional.

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email: contato@umtigrenocinema.com
• twitter: @tigrenocinema
• fan page facebook: http://www.facebook.com/umtigrenocinema
• grupo no facebook: https://www.facebook.com/groups/umtigrenocinema/
• Google Plus: https://www.google.com/+Umtigrenocinemacom
• Instagram: http://instagram/umtigrenocinema

http://www.patreon.com/tigrenocinema

OU

Agora, você não precisa mais de cartão internacional!

 

Volte para a HOME