TIAGO TIGRE: criador do blog, crítico de cinema e podcaster (@tiagoplira)

Designer gráfico de formação, cinéfilo, fã de quadrinhos, música e artes em geral; um cara legal, um marido ideal, um filho exemplar, e um nerd; Colecionista de filmes, livros e quadrinhos. O Primeiro do seu Nome, rei dos Ândalos e dos Roinares e dos Primeiros Homens, Senhor dos Sete Reinos e Protetor do Domínio.

“Comecei o blog tanto no impulso. Tive dois semestres a matéria cinema na faculdade, e fiz o curso de Linguagem e Crítica Cinematográfica com Pablo Villaça, do site Cinema em Cena. Quero me aprofundar mais teoricamente, nem que seja por conta. Gosto de tantas vertentes da arte que gostaria de estudar todas. Mas, pelo jeito, vou ficar só com design e cinema mesmo. E treino minha veia de escritor, se é que ela existe, na minha página do medium.”

Top 5 de filmes: 2001 – Uma Odisseia no Espaço; Era uma Vez no Oeste; Blade Runner; O Império Contra-Ataca; Ben-Hur.

___________________________________________________________________________________

MARCELO ZAGNOLI: podcaster (@marcelozagnoli)

Jornalista de formação, Mineiro, Fã de Cinema, Séries, Quadrinhos, Musica, Games e Artes em geral.

“Comecei a ler aos quatro anos com as revistas da Turma da Mônica e assim foi o inicio da minha paixão pelas HQs e que depois impulsionou meu fascínio pelo Universo fantástico da Cultura Pop. Fui estudar Jornalismo, me embrenhei pelo mundo corporativo e deixei algumas paixões de lado. Como em um episódio do Dr. House através de uma epifania percebi que muito tempo se passou, mas a força e o amor pelo Cinema ainda pulsa de forma vibrante em minhas veias.”

Top 5 de filmes: O Poderoso Chefão; O Império Contra Ataca; Forrest Gump; 2001 – Uma Odisseia no Espaço; Laranja Mecânica.

___________________________________________________________________________________

MATHEUS DES: podcaster (@matheusdes)

Universitário aspirante a publicitário e entusiasta cinematográfico e literário. Colecionador de livros e apaixonado pelo universo da Cultura Pop. Jovem e Brasiliense. Se pudesse, seria o Michael Fassbender.

“Comecei minha paixão por audiovisual com os desenhos da tevê aberta dos anos 90-2000, que me levaram ao mundo fantástico dos animes e, por fim, aos seriados de televisão. Ao chegar na crise-da-meia-meia-idade, percebi o quão leigo eu era quando se tratava de Cinema e me encontrei nessa maravilha.”

Top 5 de filmes: O O Poderoso Chefão; Clube da Luta; O Grande Truque; 2001 – Uma Odisseia no Espaço; Shame.