0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O remake de Despedida em Grande Estilo é uma diversão leve e engraçada que consegue encontrar também um tom melancólico.

Despedida em Grand Estilo (Going in Style) 2017

Elenco: Morgan Freeman, Michael Caine, Alan Arkin, Matt Dillon, Christopher Lloyd, John Ortiz | Roteiro: Theodore Melfi (Estrelas Além do Tempo) | Baseado em: Despedida em Grande Estilo (Martin Brest, 1979) | Direção: Zach Braff (Lições em Família) | Duração: 96 minutos

A intenção de Despedida em Grande Estilo é fazer a audiência se sentir bem, assim como qualquer um daqueles clássicos que reprisam várias vezes na TV (chamados de “Sessão da Tarde”). Ao mesmo tempo, há uma tristeza inerente sobre como os idosos são tratados – isso, em especial, pode pegar os brasileiros com os rumos atuais de algumas decisões políticas. Assim, a produção não tem grandes pretensões além de ser divertido e um tanto leve, mesmo que use alguns elementos sérios para isso, contando com a ajuda do trio de protagonistas que de tão soltos parecem estar interpretando a si mesmos.

O roteiro, baseado no original de 1979, nos força a gostarmos dos personagens desde o começo, numa ligação emocional onde vemos nossos próprios avós. Joe (Caine) está se esforçando para dar uma vida melhor para a filha e a neta; Willie (Freeman) quer ter mais contato com a própria família, mas está muito doente; e Albert (Arkin) completa o quadro equilibrando esse time com um ar rabugento. Mas não há tons de cinza nesses personagens. É uma comédia tão simples e tão direta que não se permite a isso, e onde a produção se torna o feel good movie da temporada.

Há também uma melancolia misturada com raiva ao percebermos que essa população, a que mais precisa de atenção, é que mais passa por dificuldades. É óbvio assim como a opção da comédia ser rápida e sem entraves. Juntemos a isso as cenas a princípio engraçadas de Milton (Lloyd). Cada frase do personagem vem com risos da plateia pelo nonsense desse personagem que não sabe direito o que está dizendo e fazendo. E no fundo, isso é muito triste. Willie diz ainda no primeiro ato, quando estamos conhecendo as personalidades dos protagonistas, “Se eu chegar a esse ponto, me dê um tiro”.  É uma contestação muito profunda, ainda que envolta em comédia, do que é envelhecer sem apoio.

Apesar de o filme mostrar o que é ser idoso nos Estados Unidos, não é tão difícil fazer paralelos com outras realidades. Pensando um pouco melhor, nesse quesito, a história desses três jogadores de bocha que trabalham por anos para ver uma empresa simplesmente fugir com suas aposentadorias – é até simbólico que os chefes se mandem para o Vietnã, um antigo inimigo – é tão triste quanta aquela do protagonista de Ladrões de Bicicleta (Ladri di Biciclette, 1948, Vittorio De Sica): tudo o que buscam é dignidade num mundo que parece pouco se importar com eles. A decisão de contar isso por meio da comédia é para atrair mais público, mas sem deixar essa mensagem de lado.

Essa decisão brinca até com o uso de drogas, e é muito engraçada a reação leve e solta de Willie e Joe enquanto lidam com as reações de experimentar pela primeira vez maconha – comprada legalmente, diga-se de passagem. Sabemos, mesmo entrando numa faixa mais restrita por causa da censura de cenas como essa, que a comédia é um gênero mais aceito pela maioria dos gêneros e faixas etárias e Braff aposta exatamente nisso para espalhar a ideia de como uma grande parcela daquele país (aproximadamente 46 milhões de pessoas com mais de 65 anos) é tratada. E apresentar isso por meio de comédia é mais fácil.

Despedida em Grande Estilo é leve, simples na sua execução e pensado para ser uma diversão ligeira – até a duração do filme passa essa sensação. Não quer dizer que seja um tema, por si, simples. É a realidade para pessoas que só querem dignidade para viver – e quem não quer? – sem ter que se virar em duas ou três pessoas, como Joe que tem ser duplamente pai e avô, por exemplo. Temas como justiça e uma pequena crítica ao sistema bancário dos EUA passeiam entre a história de três mosqueteiros idosos que nos diverte ao mesmo tempo em que querem nos mostrar as mazelas que acontecem até na nação mais poderosa do mundo.

Despedida em Grande Estilo | Trailer

Despedida em Grande Estilo | Pôster

Despedida em Grande Estilo (2017)

Despedida em Grande Estilo | Galeria

Despedida em Grande Estilo | Imagens (2)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (3)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (4)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (5)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (6)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (7)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (8)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (9)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (10)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Imagens (11)

Créditos: Warner Bros Pictures/Divulgação

Despedida em Grande Estilo | Sinopse

Três amigos e já idosos descobrem que a empresa que trabalhar por décadas encerrou seus negócios no país e congelou o plano de pensão de todos os funcionários. Com problemas financeiros e sem ver alternativa, eles resolvem se vingar do sistema que os deixou na mão e assaltar o banco responsável por essa situação.

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email: contato@umtigrenocinema.com
• twitter: @tigrenocinema
• fan page facebook: http://www.facebook.com/umtigrenocinema
• grupo no facebook: https://www.facebook.com/groups/umtigrenocinema/
• Google Plus: https://www.google.com/+Umtigrenocinemacom
• Instagram: http://instagram/umtigrenocinema

http://www.patreon.com/tigrenocinema

OU
Agora, você não precisa mais de cartão internacional!

 

Volte para a HOME