0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

croupier-post

Com Clive Owen, Alex Kingston, Gina McKee, Kate Hardie, Nicholas Ball, Nick Reding e Rhona Mitra. Roteirizado por Paul Mayersberg. Dirigido por Mike Hodges (A Profecia 2).

A maioria dos filmes que se debruçam sobre o jogo e que ajudam a promover o entretenimento em casinos e jogos de casino online e que fazem parte dos produtos da indústria de divertimento inspiram-se na realidade. Croupier (Croupier, 1998) é um dirigido por Mike Hodges e interpretado pelos atores Clive Owen, Nick Reding e Rhona Mitra.

image1

Croupier é um filme britânico neo-noir em que o personagem principal, interpretado pelo ator Clive Owen tem um desempenho incrível como crupiê. O personagem está muito consciente da sua múltipla personalidade dividida : Jack, o jogador, o escritor que trabalha no casino para pagar as contas, e Jake, o crupiê, um homem que gosta de prestar assistência aos seus clientes e perder todo o seu dinheiro, e a quem garante estar sempre a dar as cartas.

Jack é um homem que está sem sorte, sem emprego, tentando escrever o seu primeiro romance. Porém, nenhuma editora o aceita. O seu pai  telefona-lhe  com uma proposta: quer que o filho seja crupiê, trabalhando na roleta do casino de um amigo. Jack tinha prometido a si  mesmo nunca mais voltar a fazer isso. O pai, um jogador profissional, ensinou-lhe tudo o que sabe. Mas ele pretende mudar o rumo da sua vida.

De repente, Jack tem a ideia de escrever sobre o mundo que melhor conhece. Aceita ser crupiê e começa a observar o casino. É então que uma misteriosa jogadora chama a sua atenção: Jani.  Ela está envolvida com criminosos que querem roubar o casino – e propõe a Jack ser o orientador de toda a operação.

croupier

No final, Jack perde e Jake ganha. Esta mensagem é entregue da forma menos sutil possível, o inferno, a voz guia é praticamente uma análise intelectual sobre o significado do filme, mas funciona porque Jack/Jake é um personagem incrivelmente envolvente e porque o filme é muito bem dirigido.

O enredo de crime, embora não surpreendente, no mínimo, desenvolve-se de forma harmoniosa e contém grande quantidade de fontes inesperadas de humor.

“Croupier” é um filme muito elegante e bastante subestimado que bate a mediocridade da maioria dos filmes sobre jogo lançados por Hollywood.

Volte para a HOME