Arquivo para a Categoria ‘Cinema espanhol’

Julieta | Crítica | Julieta (2016) Espanha

Julieta (2016)

Com Emma Suárez, Adriana Ugarte, Sara Jiménez, Priscilla Delgado, Rossy de Palma, Michelle Jenner, Inma Cuesta, Darío Grandinetti e Daniel Grao. Roteirizado por Pedro Almodóvar, baseado na obra de Alice Munro. Dirigido por Pedro Almodóvar (A Pele que Habito).

Em Julieta, Almodóvar volta a dar força ao papel da mulher, dessa vez focando no duro trabalho que é ser mãe.

7/10 - "tem um Tigre no cinema"De volta para mostrar a força de uma mulher, Julieta é uma homenagem ao papel de mãe e uma luta contra a letargia do luto e o peso da idade. Numa sociedade que o envelhecimento da mulher é visto como algo proibido – no cinema isso é bem claro quando uma atriz de 30 anos seria velha demais para ser par romântico de um cinquentão – Almodóvar trabalha delicadamente com o tema, ainda que se perca na construção da narrativa. O começo da história é muito interessante, e a conclusão marcante, mesmo que irrite parte da plateia. O grande problema fica entre esses pontos, onde a jornada não foi tão interessante quanto o desfecho.

Leia mais

O Labirinto do Fauno | TigreCast #108 | Podcast


O Labirinto do Fauno | Podcast #108

¿Por qué habría de mentiros un pobre fauno como yo?

Falando de outro diretor mexicano. Outro filme de 2006. Viajamos para a Espanha para fugir um pouco de Hollywood para discutir o fascinante O Labirinto do Fauno (El Laberinto del Fauno) dirigido por Guillermo del Toro.

Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Cliff, Matheus Des (@matheusdes) e Juliana Varella discutem a carreira do diretor e dos atores e atrizes do filme, porque vemos comercialmente poucas produções mexicanas e ibéricas, os paralelos entre ficção e realidade fílmica e o que é ou não verdadeiro nessa produção que tem como pando de fundo a ditadura de Franco e o período pós-Guerra Civil Espanhola.

Leia mais

Reproduzir

O Homem Duplicado | Crítica | Enemy, 2014, Canadá-Espanha

O Homem Duplicado, adaptando Saramago, apresenta um thriller cheio de tensão e estranhamente sedutor.

Enemy, 2014

Com Jake Gyllenhaal, Mélanie Laurent, Isabella Rossellini, Sarah Gadon. Roteirizado por Javier Gullón, baseado no romance de José Saramago. Dirigido por Denis Villeneuve (Os Suspeitos).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"A vida não é fácil. E já que a vida imita a arte, encontramos também obras difíceis de destrinchar, o que torna a tarefa mais interessante e desafiadora. Assim é O Homem Duplicado, onde Denis Villeneuve, adaptando Saramago, apresenta um thriller cheio de tensão e estranhamente sedutor, e se firma como um excelente diretor. E de quebra, confirma que Jake Gyllenhaal nasceu para o ofício.

Leia mais

Mama (Mama, 2013, Espanha-Canadá) [Crítica]

"Mama", 2013

Com Jessica Chastain, Nikolaj Coster-Waldau, Megan Charpentier, Isabelle Nélisse e Daniel Kash. Roteirizado por Neil Cross, Andrés Muschietti e Bárbara Muschietti, baseado no curta-metragem de Andrés Muschietti. Dirigido por Andrés Muschietti.

8/10 - "tem um Tigre no cinema"“Mama” é um filme que funciona bem nos seus 100 minutos. Tenso em muitas partes e competente ao marcar sustos na plateia, o filme de terror que foi baseado num curta-metragem mais apavorante ainda, mostra que ainda é possível contar boas histórias desse gênero que tem maltratado tantas vezes seus fãs com inúmeras continuações, remakes e reboots.

Leia mais

O Impossível (Lo Imposible, 2012, Espanha) [Crítica]

"Lo Imposible", 2012

8/10 - "tem um Tigre no cinema"Com Naomi Watts, Ewan McGregor, Tom Holland, Samuel Joslin e Oaklee Pendergast. Roteirizado por Sergio G Sánchez (O Orfanato). Dirigido por J A Bayona (O Orfanato).

“O Impossível” é um drama onde Bayona usa todos os artifícios para fazer que o espectador se emocione. Principalmente no campo musical. Se fosse possível, o diretor descascaria cebolas ao vivo. Apesar da muleta emocional, a história baseada em fatos reais é um belo filme. Por ser uma ode à esperança e ao espírito humano, é normal que os personagens apresentados tenham uma leve tendência ao maniqueísmo. Mas assim como os sobreviventes dessa tragédia emergiram de suas situações desesperadoras, Sanchez e Bayona preferem acreditar que o melhor de nós também o faz.

Leia mais

A Pele que habito (La piel que habito, 2011, Espanha) [Crítica]

Com Antonio Banderas, Elena Anaya and Jan Cornet. Escrito por Pedro Almodóvar (roteiro), baseado no romance de Thierry Jonquet. Dirigido por Pedro Almodóvar (Fale com Ela). Depois de perder a mulher em um acidente de carro, um médico fica obcecado em criar a pele perfeita.

Almodóvar não escapa de um certo estigma. Quando penso em seus filmes, sempre me vem à cabeça sexo junto com algum tipo de perversão ou situações não-ortodoxas. É exatamente isso que você vai encontrar nesse filme de horror. Pegue o que você conhece do diretor e veja como ele constrói a psiquê do Dr. Roberto (Banderas). Leia mais

Para cima