Arquivo para a Categoria ‘1/10’

Cinquenta Tons Mais Escuros | Crítica | Fifty Shades Darker, 2017, EUA

Cinquenta Tons Mais Escuros entra em autofagia, repetindo os próprios clichês e diminuindo mais ainda a figura da protagonista e de outras mulheres.

Cinquenta Tons Mais Escuros (Fifty Shades Darker) | 2017

Elenco: Dakota Johnson, Jamie Dornan, Kim Basinger, Luke Grimes, Eloise Mumford, Max Martini, Eric Johnson, Rita Ora, Victor Rasuk | Roteiro: Niall Leonard | Baseado em: Cinquenta Tons Mais Escuros (E.L. James) | Direção: James Foley | Duração: 118 minutos

Estamos na segunda história e Cinquenta Tons Mais Escuros se mostra apenas como um adendo da aventura erótica do anterior com palavras a mais. Se na primeira vez havia um ar de novidade ao trazer ao grande público (sugeridas) cenas de sexo e sadomasoquismo, a continuação é um grande engodo que tenta parecer séria ao tratar temas delicados e polêmicos, mas causa risos involuntários. Junte isso com a baixa qualidade de atuação da dupla de protagonistas, um diretor que parece ter se esquecido do significado da palavra dirigir e um roteiro que é apenas mais um romance disfarçado de moderno e temos uma das maiores enganações do ano.

Leia mais

xXx: Reativado | Crítica | xXx: Return of Xander Cage, 2017, EUA

xXx: Reativado não é nem um pouco divertido e serve apenas para bajular Vin Diesel

xXx: Reativado (2017)

Elenco: Vin Diesel, Donnie Yen, Deepika Padukone, Kris Wu, Ruby Rose, Tony Jaa, Nina Dobrev, Toni Collette, Samuel L. Jackson | Roteiro: F. Scott Frazier | Direção: D. J. Caruso (Eu Sou Número Quatro) | Duração: 107 minutos | 3D: Irrelevante

O que dizer sobre algo que, no seu cerne, não tem nada para dizer? xXx: Reativado não é apenas um filme raso – dizer isso é apenas o começo. Ele apareceu com anos de atraso e com os mesmos vícios da suposta época que deveria ter saído: mal atuado, cheio de explosões sem sentido, atuações péssimas, sexista ao extremo e sem explicações necessárias. E o pior de tudo: a produção não consegue sequer ser divertida. São vários minutos de adrenalina com algumas boas coreografias que servem apenas para Vin Diesel, no papel de produtor, dizer como Vin Diesel é o cara. Pelo menos na visão de Vin Diesel.

Leia mais

Missão Laser (Laser Mission, 1989, EUA-Rússia-África do Sul) [Crítica]

Com Brandon Lee, Ernest Borgnine e Debi A. Monahan. Escrito por David A. Frank e Phillip Gutteridge. Dirigido por BJ Davis. O mercenário Michael Gold (Lee) é enviado para Cuba com a missão de trazer o Dr. Braun, um físico especialista em laser para os Estados Unidos. Mas quando Michael é preso injustiçadamente e Braun capturado pelos soviéticos, ele tem a missão de resgatar o doutor antes que seu intelecto seja usado para o mal.

Eu me pergunto várias vezes porque certos roteiros são filmados. As histórias devem ser fantásticas e fazer todo sentido na cabeça de quem escreveu. E o poder de convencimento para vender esse tipo de lixo para os estúdios deve ser gigantesco. Só assim pra explicar essa bomba que vi. Leia mais

Para cima