Arquivar para dezembro, 2016

Top 11 | Os Piores e os Melhores Filmes de 2016

Os Piores e os Melhores Filmes de 2016

As listas podem ser simplificadoras, mas é até satisfatório criá-las. Nessa época de passagem do ano é comum termos retrospectivas e lembranças. Então vale a pena ver o que esse ano nos trouxe também no mundo dos cinemas.

E por que onze o invés de dez? Porque sempre fica aquela ponta de querer colocar uma menção honrosa, aquele filme que merece fazer parte das lembranças, mas que ficou para trás por causa de espaço.

Lembrando que essa é uma lista dos lançamentos comerciais nos cinemas brasileiros em 2016! E você pode ver os filmes lançados aqui nesse ano na lista que fiz no Letterboxd.

Leia mais

Invasão Zumbi | Crítica | Busanhaeng, 2016, Coreia do Sul

Invasão Zumbi (2016)

Elenco: Gong Yoo, Ma Dong-seok, Jung Yu-mi, Kim Su-an, Kim Eui-sung, Choi Woo-shik, Ahn So-hee | Roteiro e direção: Yeon Sang-ho

Invasão Zumbi é um bom filme de horror que mistura tensão e crítica social, mesmo que não acrescente nada de novo ao gênero.

8/10 - "tem um Tigre no cinema"O que faz cada história ser original dentro de um universo que já contou todas as histórias? É preciso mesclar e adaptar elementos, de maneira que cause alguma surpresa ao espectador. Ou simplesmente contar uma boa história que traga reflexão. Invasão Zumbi é o segundo caso. Os elementos, tanto de terror como de ficção científica, já foram abordadas em outras situações e até de maneiras parecidas. O que Sang-ho Yeon faz, no papel de diretor e roteirista, é confinar os protagonistas junto da a plateia durante duas horas numa tensão que prende a atenção pelos movimentos de câmera e a sensação de claustrofobia. O resultado é um eficiente horror que reflete aquele que parece inerente ao ser humano.

Leia mais

Gremlins | TigreCast #157 | Podcast

Gremlins | TigreCast #157 | Podcast

You do with mogwai what your society… has done with all of nature’s gifts. You do not understand. You are not ready.” – Vovô

Para continuar no espírito natalino, vamos conversar sobre algo um pouco mais leve… ou não. Vamos tentar nos animada – mas se você não o revisita, pode se surpreender com a mistura de horror e comédia – e voltar a 1984 com Gremlins de Joe Dante e Chris Columbus.

No podcast de hoje, Tiago Lira (@tiagoplira), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Thiago Damasceno conversam sobre a qualidade de Dante, mas como foi ofuscado por outros grandes diretores oitentistas, das mudanças de roteiro – que foi amenizado no tom sombrio por causa de Steven Spielberg – a importância de ouvir o velhinho louco, a criação do PG-13, os ecos e homenagens aos clássicos do terror, a apresentação do bicho ficcional mais fofo da história do cinema e o arquétipo dos Gremlins.

Sejam bem-vindos ao TigreCast!

E entramos em recesso até fevereiro. Aproveite para fazer uma maratona 😀

Leia mais

Reproduzir

Capitão Fantástico | Crítica | Captain Fantastic, 2016, EUA

Capitão Fantástico (2016)

Elenco: Viggo Mortensen, Frank Langella, Kathryn Hahn, Steve Zahn, George MacKay | Roteiro e Direção: Matt Ross

Por trás de uma cortina indie Capitão Fantástico é um filme sobre dor, alegrias e o encontro de equilíbrio

10/10 - "tem um Tigre no cinema"Talvez o ar indie ou hipster das imagens de divulgação ou o trailer de Capitão Fantástico te afastem da produção. Porém, não se assuste com isso. Em primeiro lugar porque a produção foge dessas amarras de definição ao entregar uma história que vai além do belo visualmente, mas que conversa com nosso âmago. Não é apenas um filme sobre das belezas da natureza ou uma crítica às sociedades alternativas; é algo mais complexo sobre isso. Assim como outras produções já fizeram, é uma história sobre aprendizado e como o amor dos pais servem ou não para seus filhos e que existem casulos mesmo estando num lugar tão amplo e aberto quanto uma floresta.

Leia mais

Feliz Natal | TigreCast #156 | Podcast

Feliz Natal | TigreCast #156 | Podcast

Tonight, these men were drawn to that altar like it was a fire in the middle of winter. Even those who aren’t devout came to warm themselves” – Father Palmer

Para começarmos a entrar nessa época de festas, conversamos sobre um filme anti-guerra com uma bela mensagem de união entre os povos: o considerado cult Feliz Natal (Joyeux Noel, 2005) dirigido e roteirizado por Christian Carion e que conta com Diane Kruger, Daniel Brühl, Benno Fürmann e Guillaume Canet no elenco.

Nesse podcast, Tiago Lira (@tiagoplira) e Emerson Teixeira (@cronodoacaso) conversam sobre símbolos de luz, desenvolvimento de personagens e de como os horrores da guerra podem ser perpetuados enquanto procuramos alguma esperança nos personagens que, por um momento, deixaram de lutar por linhas imaginárias desenhadas num mapa durante a I Guerra Mundial.

Sejam bem-vindos ao TigreCast!

Leia mais

Reproduzir

Rogue One: Uma História Star Wars | Crítica | Rogue One: A Star Wars Story, 2016, EUA

Rogue One: Uma História Star Wars (2016)

Elenco: Felicity Jones, Diego Luna, Ben Mendelsohn, Donnie Yen, Mads Mikkelsen, Alan Tudyk, Riz Ahmed, Jiang Wen, Forest Whitaker | Argumento: John Knoll, Gary Whitta | Roteiro: Chris Weitz, Tony Gilroy | Direção: Gareth Edwards (Godzilla)

Rogue One: Uma História Star Wars chega como a mais ousada produção do universo iniciado em 1977, equilibrando drama, ação e comédia.

9,5/10 - "tem um Tigre no cinema"É perigoso – e inadequado – simplificar uma produção, seja ela literária ou cinematográfica, em poucas palavras. Podemos começar com uma para chamar a atenção, como um resumo ou chamada. Então, Rogue One: Uma História Star Wars é ousado, mas antes de tudo é um filme de guerra. Para nos aprofundarmos mais, numa das funções da crítica, a produção é tanto um olhar para frente quanto uma homenagem aos fãs. E entendendo que a maioria dos apreciadores de Star Wars não são mais crianças, a produção aposta na mescla de uma história mais sombria e madura, porém sem deixar de lado o espírito aventureiro da saga da família Skywalker, fazendo um resumo do que é a mais famosa das óperas espaciais.

Leia mais

Finais difíceis de explicar | TigreCast #155 | Podcast


Finais difíceis de explicar | TigreCast #155

De vez em quando falamos de filmes que acabam mexendo conosco por certos motivos. E alguns deles é por causa do final: pensamos no que acabou de passar pelos nossos olhos. E isso acaba fomentando muitas discussões e teorias.

No podcast de hoje Tiago Lira (@tiagoplira), Marcelo Paradella (@bolapucc) e Matheus Des (@matheusdes) falam de alguns desses finais difíceis, não necessariamente os mais, tentando dar sentido à loucura, aranhas, peões, aliens, árvores e bebês gigantes.

E lembrem-se que é spoiler do começo ao fim!

Sejam bem-vindos ao TigreCast!

Leia mais

Reproduzir

A Última Ressaca do Ano | Crítica | Office Christmas Party, 2016, EUA

A Última Ressaca do Ano (2016)

Elenco: Jason Bateman, Olivia Munn, T. J. Miller, Jillian Bell, Courtney B. Vance, Kate McKinnon, Jennifer Aniston | Roteiro: Justin Malen, Laura Solon, Dan Mazer | Argumento: Jon Lucas, Scott Moore, Timothy Dowling, Guymon Casady | Direção: Will Speck, Josh Gordon

A Última Ressaca do Ano funcionaria se fosse um curta metragem ou um daqueles especiais de fim de ano.

4/10 - "tem um Tigre no cinema"A Última Ressaca do Ano é um filme que lembra aqueles quadros de festas da televisão que reúne alguns nomes conhecidos – outros nem tanto – numa descompromissada diversão para encerrar o ano em alto astral. E se fosse isso, um programa curto com trinta minutos ou mesmo uma hora, funcionaria melhor. O que acontece é que não há muito história para analisar e o resultado final é esticado para quase cem minutos, mais comerciais, que servem para preencher um horário na sala de cinema. O resultado é um filme com algumas risadas, mas não o suficiente para sair mais leve do que quando entramos.

Leia mais

O Senhor dos Anéis: As Duas Torres | TigreCast #154 | Podcast

O Senhor dos Anéis: As Duas Torres | TigreCast #154

… There’s some good in this world, Mr. Frodo… and it’s worth fighting for“. – Samwise

Quantas, me digam quantas trilogias mantém a qualidade em todos os filmes? Pra cada Poderoso Chefão existe um Velozes e Furiosos. Pra cada De Volta para o Futuro temos três ou quatro adaptações de futuro distópico… Então, vamos falar de coisa boa, de novo? Continuando para Mordor, seguindo Frodo e Sam, Legolas, Gimli e Aragorn, voltamos para a Terra Média e para o Senhor dos Anéis com AS DUAS TORRES!

Tiago Lira (@tiagoplira), Matheus Des (@matheusdes) e Thiago Damasceno discutem a filmografia de 2002, os novos atores e atriz – Bernard Hill, Karl Urban, Miranda Otto, Brad Dourif, David Wenham e John Noble – e as suas carreiras. Falamos da divisão da narrativa em duas e como Peter Jackson diferencia esses cenários. A grande importância dos detalhes, um dos primeiros memes do Youtube, as mensagens ecológicas e a questão de como o povo oriental é retratado na história. Também de como a montagem do Entebate dá o tom das cenas de ação, como ego, superego e id são representados na história e os maiores signos da história.

E seria Saruman o Donald Trump da Terra Média?

E ESTAMOS DE VOLTA!

Leia mais

Reproduzir
Para cima