Arquivar para outubro, 2015

39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo – Parte 1 | TigreCast Especial #02 | Podcast


39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo - Parte 1

Durante essas duas semanas da 39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo o TigreCast vai dar uma pausa no seus molde tradicional. Por enquanto ouça os comentários do crítico Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982) sobre os filmes assistidos

Leia mais

Reproduzir

O Último Caçador de Bruxas | Crítica | The Last Witch Hunter (2015), EUA

The Last Witch Hunter, 2015

Com Vin Diesel, Rose Leslie, Elijah Wood, Ólafur Darri Ólafsson, Rena Owen, Julie Engelbrecht e Michael Caine. Roteirizado por Cory Goodman, Matt Sazama e Burk Sharpless. Dirigido por Breck Eisner.

3/10 - "tem um Tigre no cinema"Talvez seja demais pedir para que um filme de Vin Diesel vá além do que o espectador médio busque (exceções existem e Velozes e Furiosos 7 está aí para provar isso). Talvez seja exigir demais de um diretor que só produziu filmes fracos entregasse uma produção digna de nota. Talvez seja difícil esperar que os roteiristas que sempre estiveram envolvidos em filmes que misturam ação e o sobrenatural consigam sair desse estigma. Talvez essa só uma visão amargurada de alguém cansado de tantos clichês. Talvez O Último Caçador de Bruxas fosse melhor com menos enrolação, menos conveniências, que não explorasse o peso do elenco e se concentrasse em contar uma boa história. Mas a história não é feita de talvez.

Leia mais

Os 33 | Crítica | Los 33, 2015, Chile/Colômbia

Los 33, 2015

Com Antonio Banderas, Rodrigo Santoro, Juliette Binoche, James Brolin, Lou Diamond Phillips e Gabriel Byrne. Roteirizado por Mikko Alanne, Craig Borten e Michael Thomas. Baseado no livro de Héctor Tobar. Dirigido por Patricia Riggen.

7/10 - "tem um Tigre no cinema"Algumas histórias parecem fantásticas demais para serem verdadeiras. Em Os 33 a diretora Patricia Riggen abriu mão da língua materna para tocar mais pessoas sobre a impressionante história dos mineradores chilenos que esperaram serem resgatados por mais de dois meses. Essa decisão traz alguns estranhamentos, como a questão dos sotaques, mas que mercadologicamente faz sentido. Posta essa decisão de lado há muitos momentos interessantes no filme, passando pela atuação, fotografia e o estilo da diretora em alternar planos abertos e outros mais fechados. Com momentos emocionantes e apesar de arrastar um pouco além do necessário a narrativa, o filme é uma ode à resistência e à esperança.

Leia mais

Entrevista com Jack Black no Tapete Vermelho de Goosebumps

Rápida entrevista com o ator Jack Black concedida em 21/out/2015.

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email: contato@umtigrenocinema.com
• twitter: @tigrenocinema
• fan page facebook: http://www.facebook.com/umtigrenocinema
• grupo no facebook: https://www.facebook.com/groups/umtigrenocinema/
• Google Plus: https://www.google.com/+Umtigrenocinemacom
• Instagram: http://instagram/umtigrenocinema

http://www.patreon.com/tigrenocinema

OU

Agora, você não precisa mais de cartão internacional!

 

Volte para a HOME

 

39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo | Resumão

39ª Mostra Internacional de Cinema | Resumão

Vou atualizando aqui com vídeos curtos dos filmes que for assistindo na 39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. É um tópico fixo atualizado a medida que for gravando e editando.

Leia mais

Atividade Paranormal: Dimensão Fantasma | Crítica | Paranormal Activity: The Ghost Dimension, 2015

Paranormal Activity: The Ghost Dimension, 2015

Com Chris J. Murray, Brit Shaw, Ivy George, Dan Gill, Olivia Taylor Dudley, Don McManus e Michael Krawic. Roteirizado por Jason Pagan, Andrew Deutschman, Adam Robitel, Gavin Heffernan, Brantley Aufill e Jason Pagan. Dirigido por Gregory Plotkin.

2/10 - "tem um Tigre no cinema"Se você levar em conta que o inferno é a repetição, Atividade Paranormal: Dimensão Fantasma é um filme que cumpre sua missão de imersão da audiência. O que é inacreditável é que os seis roteiristas e argumentistas da produção tenham entregado um roteiro sem história nenhuma, o que se reflete na curta sinopse oficial. O declínio da série já era bem claro no filme anterior e parecia impossível ficar pior. Pois conseguiram. O quinto filme enterra uma produção que começou interessantíssima, mas claramente não souberam quando parar.

Leia mais

Corrente do Mal | TigreCast #113 | Podcast

Corrente do Mal | TigreCast #113 | Podcast

Especial Halloween 2015 | É hora de conversar sobre um filme que nos ganhou no boca a boca. Estreou em Cannes, o que é bem incomum para uma produção de terror, foi parar em vários outros festivais e por onde passava as pessoas falavam bem. Hoje é hora de discutirmos Corrente do Mal (It Follows, 2015) do novato diretor David Robert Mitchell com Maika Monroe, Keir Gilchrist e Olivia Luccardi.

Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Cliff, Juliana Varella (@jujurella), Matheus Des (@matheusdes) e Angélica Hellish (@AngelMasmorra) falam da surpresa desse filme que apesar de se apoderar de outros clássicos do terror conseguiu ser original. Abre-se um leque para várias discussões sobre o que é a presença e como isso não é importante. E se esses novatos merecem ser observados.

E, como sempre, SPOILERS liberados!

Leia mais

Reproduzir

Goosebumps: Monstros e Arrepios | Crítica | Goosebumps, 2015, EUA

Goosebumps, 2015

Com Jack Black, Dylan Minnette, Odeya Rush, Amy Ryan, Ryan Lee e Jillian Bell. Roteirizado por Scott Alexander e Larry Karaszewski. Dirigido por Rob Letterman.

7/10 - "tem um Tigre no cinema"Dentro do universo que pretende alcançar Goosebumps: Monstros e Arrepios funciona muito bem. Quem é fã da série de TV ou dos livros provavelmente se divertirá muito caçando as referências das histórias que mais marcaram sua infância e adolescência. Para os mais jovens que não pegaram essa fase, o simples fato de ser uma aventura recheada de todo tipo de monstro deve ser suficiente para chamar a atenção. Divertido e espirituoso, o filme tem muitos elementos do que chamamos de “Sessão da Tarde”. Sim, é um bando de jovens se envolvendo em altas enrascadas. Não é nem de longe original, mas também longe de ser decepcionante.

Leia mais

Sicario: Terra de Ninguém | Crítica | Sicario, 2015, EUA

Sicario, 2015

Com Emily Blunt, Josh Brolin, Benicio Del Toro e Jon Bernthal. Roteirizado por Taylor Sheridan. Dirigido por Denis Villeneuve (Os Suspeitos).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"Seria um exercício interessante assistir o último filme de Spielberg e logo depois a nova produção de Denis Villeneuve, puramente pela proximidade das estreias. Enquanto um se mostra um fã da humanidade o que temos em Sicario: Terra de Ninguém é o oposto. Um filme tenso do começo ao fim, sem espaço para descanso e que mostra o pior lado do ser humano e como ser pego no fogo cruzado pode nos afetar. Discussões entre moralidade, leis e o que é certo e errado serão seus companheiros nessa desventura. Enquanto acompanhamos personagens detestáveis que dobram a lei como bem querem a reflexão que fica é o que faríamos no lugar deles.

Leia mais

Ponte dos Espiões | Crítica | Bridge of Spies, 2015, EUA

Bridge of Spies, 2015

Com Tom Hanks, Mark Rylance, Domenick Lombardozzi, Brian Hutchison, Victor Verhaeghe, Alan Alda, Amy Ryan e Austin Stowell. Roteirizado por Matt Charman, Ethan Coen e Joel Coen. Dirigido por Steven Spielberg (Lincoln).
8/10 - "tem um Tigre no cinema"Uma das magias da arte do cinema é ser universal, ainda que certos personagens e histórias não falem exatamente sobre nós. Quase sessenta anos nos separam dos eventos Ponte dos Espiões e da Guerra Fria. Milhares de quilômetros entre o nosso país e os envolvidos naquele conflito. Ainda assim, podemos achar paralelos e perceber que a história tende a se repetir. Vivemos num mundo de extremos, onde parece que se você não está do nosso lado é automaticamente tachado de uma dezena de termos depreciativos. Essas posições polarizadas deixam pouco espaço para o diálogo, criando uma cortina de ódio perigosa e talvez sem volta. Olhar o outro lado e perceber que estamos lidando com pessoas é a maior mensagem do novo filme de Spielberg, um dos maiores fãs da humanidade.

Leia mais

Possessão | TigreCast #112 | Podcast


Possessão | Podcast

I can’t exist by myself because I’m afraid of myself, because I’m the maker of my own evil. ” – Anna

Mais um filme de terror nesse especial de Halloween… ou não? Eis uma produção que talvez você não conheça, mas não é por isso que você deva deixá-la de lado. Visitamos pela primeira vez o ano de 1981 para conversar sobre o interessantíssimo cult Possessão (Possession), dirigido por Andrzej Zulawski e no elenco Isabelle Adjani e Sam Neill.

Tiago Lira, o Tigre (@otigre1982), Cliff, Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli), Matheus Des (@matheusdes) e a convidada Angélica Hellish (Cine Masmorra | @AngelMasmorra) discutem as produções de 1981, a carreira do diretores e dos atores, mensagens políticas, o que afinal de contas assusta nesse filme pouco conhecido que, sem medo de soar pedante, é para poucos. E entenda isso como um desafio.

E, como sempre, SPOILERS liberados!

Leia mais

Reproduzir

A Colina Escarlate | Crítica | Crimson Peak, 2015, EUA

Crimson Peak, 2015

Com Mia Wasikowska, Jessica Chastain, Tom Hiddleston, Jim Beaver, Charlie Hunnam. Roteirizado por Guillermo del Toro e Matthew Robbins. Dirigido por Guillermo del Toro (Círculo de Fogo).

9/10 - "tem um Tigre no cinema"Num mundo justo, Guillermo del Toro poderia fazer todos os projetos que abraça. A Colina Escarlate mostra um diretor maduro e versátil. Homenageando o terror, o mexicano trouxe um dos melhores filmes do gênero dos últimos anos, conseguindo misturar sustos eficazes e tensão numa história que não é sobre fantasmas e sim com fantasmas. Ainda que o espectador não leve muito tempo para entender o que está acontecendo, o diretor ainda consegue nos dar algumas surpresas. Nesse filme tão simbolicamente sangrento, o espectador encontrará medo, sentirá calafrios e participará de uma aventura. Apesar de parecer elementos demais, del Toro tem competência para equilibrá-los e assim contar uma interessante história, ainda que tenha alguns clichês do gênero.

Leia mais

Para cima