Operação Dragão | TigreCast #53 | Podcast

Operação Dragão | TigreCast 53

Bruce Lee nos deixou em 20 de julho de 1973, mas deixou também um legado para o cinema de artes marciais.  Tiago, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Deus (@matheusdes) discutem a filosofia do Kung Fu, a estética da época e pagam o devido tributo ao criador do Jeet Kune Do no seu filme mais famoso: Operação Dragão (Enter the Dragon, 1973, Dir Robert Clouse)

Atenção: Como de costume, spoilers liberados do começo ao fim!

Dê o play aqui embaixo, ó:

Ou clique AQUI com o botão direito do mouse e escolha “Salvar destino/link como…”

[papo cinéfilo]
• Dwayne “The Rock” Johnson será o Capitão Marvel nos cinemas?

[momento musical]
Kung Fu Fighting (Carl Douglas) da trilha sonora de vários filmes de artes marciais.

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email:
contato@umtigrenocinema.com
• twitter:
@tigrenocinema
• facebook:
http://www.facebook.com/umtigrenocinema
iTunes:
assine aqui
• FEED:
assine aqui

[apoio]
Portal São Paulo Digital

Volte para a HOME

Planeta dos Macacos: O Confronto | Crítica | Dawn of the Planet of the Apes, 2014, EUA

Dawn of the Planet of the Apes, 2014

Com Andy Serkis, Jason Clarke, Gary Oldman, Keri Russell, Toby Kebbell, Karin Konoval, Doc Shaw, Kirk Acevedo e Kodi Smit-McPhee. Roteirizado por Mark Bomback, Rick Jaffa e Amanda Silver, baseado na obra de Pierre Boulle. Dirigido por Matt Reeves (Cloverfield).

9,5/10 - "tem um Tigre no cinema"Em um mundo cercado por continuações, remakes e reboots é um alívio constar que ainda há aqueles que se preocupam com um bom resultado ao invés de pensar apenas no retorno financeiro. Oitava ampliação nos cinemas do livro de Pierre Boulle, Planeta dos Macacos: O Confronto tem todos os elementos para destaca-lo no mar do começo do parágrafo. É empolgante, dramático e tecnicamente impecável. Fazendo uma brincadeira com um filme de super-herói lançado nos anos 1970, você vai acreditar que um macaco pode falar.

Leia mais

Bastardos Inglórios | TigreCast #52 | Podcast

Bastardos Inglórios

Quentin Tarantino: um cinéfilo muita vezes tido como plagiador. Pra quem acha o contrário, Tiago, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Deus (@matheusdes) te provam errado dissecando Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds, 2009).

Discutimos Tarantino em si, metalinguagem, a mistura de ação, sangue, comédia, vingança e o fetiche por pés do diretor. Aproveitamos para reescrever a História e lembra-los que o Coronel Hans Landa é o protagonista da história!

Atenção: spoilers liberados do começo ao fim!

Dê o play aqui embaixo, ó:

Ou clique AQUI com o botão direito do mouse e escolha “Salvar destino/link como…”

[papo cinéfilo]
• Cinemark faz especial com O Poderoso Chefão, Forrest Gump, Lawrence da Arábia e outros clássicos na sua rede.

[momento musical]
Cat People (David Bowie) da trilha sonora de Bastardos Inglórios

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email:
contato@umtigrenocinema.com
• twitter:
@tigrenocinema
• facebook:
http://www.facebook.com/umtigrenocinema
iTunes:
assine aqui
• FEED:
assine aqui

[apoio]
Portal São Paulo Digital

Volte para a HOME

 

Transformers: A Era da Extinção | Crítica | Transformers: Age of Extinction, 2014, EUA

Transformers: Age of Extinction

Com Mark Wahlberg, Stanley Tucci, Kelsey Grammer, Nicola Peltz, Jack Reynor, Li Bingbing, Titus Welliver, Peter Cullen, Mark Ryan, John Goodman, Ken Watanabe e Frank Welker. Roteirizado por Ehren Kruger. Baseado nos personagens da Hasbro. Dirigido por Michael Bay (Transformers: O Lado Oculto da Lua).

3/10 - "tem um Tigre no cinema"É preciso deixar uma coisa bem clara. Não importa o que eu ou outra infinidade de críticos digamos. Transformers: A Era da Extinção é Michal Bay sendo mais uma vez Michael Bay. Se for isso que você busca, irá se divertir muito. Mas está claro que essa cinesserie precisa de um descanso, sem plots gigantescos que não se fecham e sempre pedindo uma continuação. É triste, mas nem tudo por ser salvo por um robô gigante montando um dinossauro robô gigante. Por mais incrível que isso soe.

Leia mais

Reassinem o nosso FEED! #News

FEED: Assine já!

Galera, demos uma arrumada no Feed e a partir de agora os usuários de Android e outros agregadores RSS podem seguir as postagens mais facilmente. É só escolher a sua opção!

Um abraço do Tigre!

Eu bebo sim, e tô vivendo! | TigreCast #51 | Podcast

tigrecast051

Como deixar passar o número da nossa cachaça em branco? Sendo muito óbvios, Tiago, o Tigre (@otigre1982), José Rodrigo Baldin (@JRodBaldin) e Tullio Dias (@2t_dias) fazem uma seleção de filmes altamente etílicos que você DEVE assistir:

Coração Louco (Crazy Heart, 2009, Dir Scott Cooper);
Sideways – Entre Umas e Outras (Sideways, 2004, Dir Alexander Payne);
Despedida em Las Vegas (Leaving Las Vegas, 1995, Dir Mike Figgis); e
Farrapo Humano (The Lost Weekend, 1945, Dir Billy Wilder).

spoilers leves sobre todos os filmes. E ouça as edições anteriores em http://umtigrenocinema.com/tigrecast

Dê o play aqui embaixo, ó:

Ou clique AQUI com o botão direito do mouse e escolha “Salvar destino/link como…”

[papo cinéfilo]
• Cinema e pipoca (e outras comidas) combinam?

[momento musical]
• The Weary Kind (Ryan Bingham e T-Bone Burnett) da trilha sonora de Coração Louco

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email:
contato@umtigrenocinema.com
• twitter:
@tigrenocinema
• facebook:
http://www.facebook.com/umtigrenocinema
iTunes:
assine aqui
• FEED:
assine aqui

[apoio]
Portal São Paulo Digital

Volte para a HOME

 

 

O Teorema Zero | Crítica | The Zero Theorem, 2014, Reino Unido-Romênia

The Zero Theorem

Com Christoph Waltz, Mélanie Thierry, David Thewlis e Lucas Hedges. Roteirizado por Pat Rushin. Dirigido por Terry Gilliam (Os 12 Macacos).

8/10 - "tem um Tigre no cinema"Em O Teorema Zero Terry Gilliam e Pat Rushin constroem um universo ao mesmo tempo familiar e distópico. Chamado pelo diretor a parte final de uma trilogia – que começou com Brazil (Brazil, 1985) seguido por 12 Macacos (12 Monkeys, 1995) – enxergamos na tela um futuro triste, e que tem muitas similaridades com o nosso presente. Cheio de questionamentos e difícil de ser assimilado, não é tão interessante quanto o trabalho de 1995. Mas por estarmos mais próximos dessa realidade, é assustador perceber que o caminho que muitos seguimos é exatamente o retratado.

Leia mais

Por um Punhado de Dólares | TigreCast #50 | Podcast

tigrecast050

Chegamos à edição 50 do TigreCast, o podcast de cinema do tem um Tigre no cinema! Quem imaginava que chegaríamos tão longe?

Para comemorarmos, entra em cena a nova sessão “Anos Atrás”, onde a cada dez edições, vamos voltar em anos o número do episódio. Então hoje Tiago, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Des (@matheusdes) discutem Sergio Leone, a importância do Western, de Ennio Morricone e do Homem sem Nome em Por um Punhado de Dólares (A Fistful of Dollars ou Per un pugno di dollari, 1964, Dir Sergio Leone).

Esse episódio ainda não foi ao ar pelo Portal São Paulo Digital, mas você já pode conferir aqui. E ouça as edições anteriores em http://umtigrenocinema.com/tigrecast

Dê o play aqui embaixo, ó:

Ou clique AQUI com o botão direito do mouse e escolha “Salvar destino/link como…”

[papo cinéfilo]
Pacific Rim 2 vem aí!

[momento musical]
• Titori (Ennio Morricone) da trilha sonora de Por um Punhado de Dólares

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email:
contato@umtigrenocinema.com
• twitter:
@tigrenocinema
• facebook:
http://www.facebook.com/umtigrenocinema
iTunes:
assine aqui
• FEED:
assine aqui

 

Volte para a HOME

 

O Grande Hotel Budapeste | Crítica | The Grand Budapest Hotel, 2014, Alemanha-Reino Unido

The Grand Budapest Hotel, 2014

Com Ralph Fiennes, F Murray Abraham, Edward Norton, Mathieu Amalric, Saoirse Ronan, Adrien Brody, Willem Dafoe, Léa Seydoux, Jeff Goldblum, Jason Schwartzman, Jude Law, Tilda Swinton, Harvey Keitel, Tom Wilkinson, Bill Murray, Owen Wilson e Tony Revolori. Argumento de Wes Anderson e Hugo Guinnes. Roteirizado por Wes Anderson, baseado nas obras de Stefan Zweig. Dirigido por Wes Anderson (Moonrise Kingdom).

10/10 - "tem um Tigre no cinema"Uma das maravilhas do cinema é que não existe a oportunidade única. Wes Anderson em O Grande Hotel Budapeste conseguiu extrair o máximo de seus atores, fotógrafos, montadores, maquiadores, e tantos outros profissionais para nos brindar com uma obra engraçada, linda e tocante. E graças à magia da mídia, não é uma experiência que perdemos por não estarmos presentes em determinado momento. Portanto, se delicie mais de uma vez com essa história tão cheia de detalhes, que reúne um elenco espetacular e que desponta como o melhor da filmografia do diretor.

Leia mais

2001: Uma Odisseia no Espaço | TigreCast #49 | Podcast

2001 Uma Odisseia no Espaço | TigreCast 49

 

Bem-vindos à edição 49 do TigreCast, o podcast de cinema do tem um Tigre no cinema! Esse episódio ainda não foi ao ar pelo Portal São Paulo Digital, mas você já pode conferir aqui. E ouça as edições anteriores em http://umtigrenocinema.com/tigrecast

Tiago, o Tigre (@otigre1982), Marcelo Zagnoli (@marcelozagnoli) e Matheus Souza (@matheusdes) finalmente falam do filme que marcou a ficção científica: 2001 – Uma Odisseia no Espaço (2001: A Space Odyssey, 1968, Dir Stanley Kubrick). Entramos na vida de Kubrick, no que era a FC antes de 2001, se Hal 9000 era um vilão, protagonista ou antagonista e falamos de nossas cenas preferidas desse petardo.

Dê o play aqui embaixo, ó:

Ou clique AQUI com o botão direito do mouse e escolha “Salvar destino/link como…”

[papo cinéfilo]
• Por que o Brasil, o país do futebol, não tem um bom filme sobre futebol?

[momento musical]
• Also Spratch Zaratustra (Richard Strauss, pela Orquestra Filarmônica de Viena Philharmonic e Herbert Von Karajan), da trilha sonora de 2001: Uma Odisseia no Espaço

[vídeo relacionado]
• Primeiro computador a cantar: Daisy Bell (a mesma que Hal canta no seu fim)

[críticas, comentários e voadoras no baço]
• email: contato@umtigrenocinema.com
• twitter: @tigrenocinema
• facebook: http://www.facebook.com/umtigrenocinema
iTunes: assine aqui
• FEED: assine aqui

Para cima